O crossover Puma Hybrid é um dos lançamentos da maior linha de elétricos já oferecida pela marca na Europa

A Ford apresentou no Salão de Frankfurt, na Alemanha, a maior linha de veículos elétricos já lançada pela marca no mercado europeu. As novidades incluem o híbrido Puma EcoBoost, os híbridos plug-in Explorer e Tourneo Custom – que podem ser recarregados na tomada – e o Kuga, primeiro modelo da Ford a oferecer as opções de híbrido leve, total e plug-in.

No início do ano, a Ford anunciou que todos os seus veículos novos de passageiros na Europa terão uma opção elétrica ou híbrida leve, total ou plug-in. Serão 17 modelos até 2024, sendo oito deles lançados já em 2019. Até o final de 2022, a marca prevê que os modelos elétricos representem mais da metade de suas vendas de veículos de passageiros na região, superando os carros convencionais a gasolina e diesel, e cheguem ao marco de 1 milhão de unidades.

“A eletrificação avança rapidamente como principal tendência do mercado e estamos aumentando substancialmente as opções de modelos elétricos para os nossos consumidores”, diz Stuart Rowley, presidente da Ford Europa. “Estamos tornando a mudança para um veículo elétrico mais fácil do que nunca e esperamos que eles se tornem a maioria da nossa linha em 2022.”

• A nova linha de veículos elétricos da Ford exibida em Frankfurt inclui:
• O novo SUV médio Kuga, primeiro Ford a oferecer a opção de versões híbridas leve, total e plug-in;
• O novo Explorer Hybrid Plug-In, SUV de sete lugares, e o novo Tourneo Custom Hybrid Plug-In, van de oito lugares, combinando a propulsão elétrica com a autonomia e liberdade de um motor a combustão tradicional;
• O novo crossover compacto Puma EcoBoost Hybrid, inspirado em SUVs, um híbrido leve com tecnologia sofisticada para a redução de emissões e do consumo de combustível, exibido pela primeira vez na versão Titanium X;
• A perua Mondeo Hybrid, híbrido total com propulsão elétrica e a gasolina com rodagem refinada, principalmente no trânsito urbano.

Em 2020, chega ao mercado também o novo SUV elétrico de performance inspirado no Mustang, com uma autonomia elétrica estimada de 600 km – calculada segundo o WLTP, World Harmonised Light Veicle Test Procedure – e capacidade de carga rápida.

“Não existe uma solução única para todos quando se trata de eletrificação –as circunstâncias e necessidades de viagem dos consumidores são diferentes”, diz Joerg Beyer, diretor executivo de Engenharia da Ford Europa. “Nossa estratégia é combinar a opção de propulsão elétrica certa no veículo certo, ajudando a tornar a experiência com o veículo elétrico simples e agradável.”

A Ford montou uma área especial no estande, chamada Go Electric, com experiências interativas e de realidade aumentada para o público conhecer o funcionamento e a sensação de dirigir um veículo elétrico, desmistificando essa tecnologia. Uma delas é o primeiro simulador de aceleração de carro elétrico do mundo.

Soluções de recarga

A disponibilidade de pontos de recarga para carros elétricos vem crescendo rapidamente na Europa. A Ford anunciou uma parceria com seis grandes empresas de energia do continente para oferecer uma nova estação de recarga doméstica e tarifas diferenciadas para os usuários de híbridos plug-in. Ela tem potência 50% maior que uma tomada comum e reduz em até um terço o tempo de recarga.

Outra novidade da marca é um aplicativo para smartphones e tablets que permite aos donos de híbridos plug-in encontrar um ponto de recarga e fazer o pagamento. Ele é oferecido em parceria com a NewMotion, a maior rede pública de recarga da Europa, com mais de 118.000 pontos em 30 países.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Fiat divulga condições especiais no Dia do Supernegócio

Só neste sábado (19), a Fiat fará um esforço jamais visto para compartilhar preços imbatív…