A Ford registrou um significativo crescimento em julho, impulsionado por alguns fatores como melhoria do mercado, reposicionamento de modelos e o desempenho de seus produtos globais. A marca fechou o mês com aumento de  18% nas vendas em relação a junho, totalizando 17.396 emplacamentos no Renavam, o principal indicador dos veículos vendidos no País. 
A Ford avançou nos principais segmentos. As linhas Ka, Ka+, Focus, EcoSport e Ranger comandaram esse desempenho que deu à marca 9,6% do mercado, posicionando-se entre as quatro colocadas no ranking geral.
 
O Ka, na sua versão hatch, foi o terceiro veículo mais vendido do mercado brasileiro, com 7.260 unidades, basicamente no varejo, obtendo a sua melhor participação no segmento de compactos desde o lançamento da geração atual, com 11,4%. O Ka+, modelo sedã, também cresceu em volume e participação, com 2.245 unidades.
O Focus manteve a liderança absoluta entre os hatches médios, crescendo para 34,7% de participação, enquanto o Focus Fastback avançou entre os sedãs médios. O Fusion, no segmento de veículos executivos de luxo, consagrou novamente a sua  liderança entre os chamados sedãs CD, com expressivos 86% das vendas.
 
Na linha de utilitários, o EcoSport, com 2.409 unidades no mercado interno, teve aumento de procura e manteve-se como um dos utilitários esportivos com força nas vendas regionais diretas. A Ranger 2017, por sua vez, no segundo mês completo de vendas, com uma série de novidades, apresentou o seu melhor resultado desde dezembro de 2014. Com o total de 1.961 unidades, respondeu por 23% do segmento de picapes médias.
“Os números de julho mostram o acerto do posicionamento da Ford em segmentos-chave do mercado. Também sinalizam a possibilidade de uma retomada da indústria automobilística”, diz Antonio Baltar, gerente nacional de Vendas da Ford. “Vamos continuar com nossos esforços de comunicação, mostrando as vantagens competitivas de nossos produtos, além do custo-benefício representado pela compra de veículos completos, com preços competitivos de serviço, peças e seguro. Cada vez mais a venda não se resume ao produto, abrangendo também toda a assistência oferecida ao nosso cliente.”
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

GM apresenta sua primeira picape 100% elétrica

HUMMER EV conta com potência estimada de 1.000 cv, baterias Ultium com autonomia superior …