A Ford comemorou 2,5 milhões de veículos produzidos no Complexo Industrial de Camaçari, na Bahia, pioneira no Nordeste brasileiro. O modelo que simbolizou o marco histórico foi um Novo Ka 1.0 da cor vermelho Arpoador, saudado pelos times na linha de montagem. Pioneira no Nordeste brasileiro e uma das principais iniciativas industriais naquela região do País, a fábrica é uma das mais avançadas do setor automobilístico no mundo e hoje produz dois grandes carros globais da marca: o EcoSport, vendido em mais de 100 mercados, e a recém-lançada linha Novo Ka e Novo Ka+, compactos hatch e sedã que estão tendo grande aceitação no mercado.

Com capacidade instalada de 300 mil veículos, o Complexo de Camaçari, além da linha de produção de automóveis, abriga ainda a fábrica de motores 1.0 12V TiVCT Flex, o mais atual do segmento, e um Centro de Design e Engenharia responsável pela criação de veículos. A fábrica foi inaugurada há 13 anos e cresceu muito nesse período em termos de empregos diretos e indiretos na região, promovendo o crescimento econômico de Camaçari e outros municípios.

 

\"\"

 

A fábrica opera com sistemas avançados de produção e adota o conceito de consórcio modular, composto por fornecedores que entregam componentes dos veículos diretamente na linha de montagem. A linha trabalha em três turnos, 24 horas por dia, e emprega diretamente 9,5 mil empregados, que representam 60% do número total de empregos diretos gerados no Polo Industrial de Camaçari.

O Complexo Industrial Ford Nordeste também desenvolve várias ações sociais na comunidade local e é um exemplo de preservação ambiental. Além de usar pintura à base de água, tratamento ecológico para reaproveitamento de água de esgoto e prédios projetados para economia de energia, mantém um centro de educação ambiental com viveiro capaz de produzir mensalmente 5 mil mudas de árvores. No seu entorno foram plantadas cerca de 140 mil mudas de árvores de espécies típicas da Mata Atlântica, formando um cinturão verde para melhorar o microclima e aumentar a biodiversidade da região.

Histórico de crescimento

A Fábrica de Camaçari produz o EcoSport, líder do segmento de utilitários esportivos, que conta com mais de 950 mil unidades produzidas. Da sua linha saíram ainda o Fiesta RoCam – outro grande sucesso, com 1,5 milhão de unidades produzidas. A unidade começou a operar em 2001 e completou 1 milhão de veículos após seis anos, em 2007. Cinco anos depois chegou ao segundo milhão, em 2012. Agora, soma mais meio milhão em dois anos, o que mostra a aceleração da produção.

Este ano, o complexo industrial da Ford em Camaçari inaugurou a primeira fábrica de motores automotivos de alta tecnologia do Nordeste brasileiro, o 1.0 12V TiVCT Flex de três cilindros, líder em potência e economia na sua classe, que equipa a linha do Novo Ka. Resultado de um investimento de R$400 milhões, ela gerou a criação de 300 novos empregos diretos.

O Centro de Desenvolvimento do Produto da Ford na América do Sul, instalado no Complexo, foi responsável pelo desenvolvimento de novos veículos globais como o EcoSport, o Cargo Extrapesado e o Novo Ka, além de tecnologias pioneiras como o motor 2.0 Direct Flex, o primeiro flex com injeção direta do mundo. Faz parte dessa estrutura um moderno estúdio de design, com o estado da arte em tecnologia de simulação por computação gráfica e os mesmos recursos disponíveis nos demais estúdios da marca nos EUA, Europa e Ásia.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

A Ford comemorou 2,5 milhões de veículos produzidos no Complexo Industrial de Camaçari, na Bahia, pioneira no Nordeste brasileiro. O modelo que simbolizou o marco histórico foi um Novo Ka 1.0 da cor vermelho Arpoador, saudado pelos times na linha de montagem. Pioneira no Nordeste brasileiro e uma das principais iniciativas industriais naquela região do País, a fábrica é uma das mais avançadas do setor automobilístico no mundo e hoje produz dois grandes carros globais da marca: o EcoSport, vendido em mais de 100 mercados, e a recém-lançada linha Novo Ka e Novo Ka+, compactos hatch e sedã que estão tendo grande aceitação no mercado.

Com capacidade instalada de 300 mil veículos, o Complexo de Camaçari, além da linha de produção de automóveis, abriga ainda a fábrica de motores 1.0 12V TiVCT Flex, o mais atual do segmento, e um Centro de Design e Engenharia responsável pela criação de veículos. A fábrica foi inaugurada há 13 anos e cresceu muito nesse período em termos de empregos diretos e indiretos na região, promovendo o crescimento econômico de Camaçari e outros municípios.

 

\"\"

 

A fábrica opera com sistemas avançados de produção e adota o conceito de consórcio modular, composto por fornecedores que entregam componentes dos veículos diretamente na linha de montagem. A linha trabalha em três turnos, 24 horas por dia, e emprega diretamente 9,5 mil empregados, que representam 60% do número total de empregos diretos gerados no Polo Industrial de Camaçari.

O Complexo Industrial Ford Nordeste também desenvolve várias ações sociais na comunidade local e é um exemplo de preservação ambiental. Além de usar pintura à base de água, tratamento ecológico para reaproveitamento de água de esgoto e prédios projetados para economia de energia, mantém um centro de educação ambiental com viveiro capaz de produzir mensalmente 5 mil mudas de árvores. No seu entorno foram plantadas cerca de 140 mil mudas de árvores de espécies típicas da Mata Atlântica, formando um cinturão verde para melhorar o microclima e aumentar a biodiversidade da região.

Histórico de crescimento

A Fábrica de Camaçari produz o EcoSport, líder do segmento de utilitários esportivos, que conta com mais de 950 mil unidades produzidas. Da sua linha saíram ainda o Fiesta RoCam – outro grande sucesso, com 1,5 milhão de unidades produzidas. A unidade começou a operar em 2001 e completou 1 milhão de veículos após seis anos, em 2007. Cinco anos depois chegou ao segundo milhão, em 2012. Agora, soma mais meio milhão em dois anos, o que mostra a aceleração da produção.

Este ano, o complexo industrial da Ford em Camaçari inaugurou a primeira fábrica de motores automotivos de alta tecnologia do Nordeste brasileiro, o 1.0 12V TiVCT Flex de três cilindros, líder em potência e economia na sua classe, que equipa a linha do Novo Ka. Resultado de um investimento de R$400 milhões, ela gerou a criação de 300 novos empregos diretos.

O Centro de Desenvolvimento do Produto da Ford na América do Sul, instalado no Complexo, foi responsável pelo desenvolvimento de novos veículos globais como o EcoSport, o Cargo Extrapesado e o Novo Ka, além de tecnologias pioneiras como o motor 2.0 Direct Flex, o primeiro flex com injeção direta do mundo. Faz parte dessa estrutura um moderno estúdio de design, com o estado da arte em tecnologia de simulação por computação gráfica e os mesmos recursos disponíveis nos demais estúdios da marca nos EUA, Europa e Ásia.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Cronos e Strada ganham equipamentos de segurança de série

Novidades são válidas para as versões Drive 1.3 do sedã e Freedom 1.3 da picape A ampla li…