Considerado o meio de transporte mais sustentável do planeta, a bicicleta tem sido cada vez mais usada.

A Ford apresentou na Europa a “Jaqueta Emoji”, criada para os ciclistas poderem enviar mensagens aos motoristas no trânsito por meio de um painel de LED instalado nas costas – veja o vídeo. O traje, ainda em fase de protótipo, vem acompanhado de um controle remoto sem fio para fixação no guidão, no qual é possível selecionar os sinais de virar à direita ou à esquerda, um alerta de perigo e três emojis, com face contente, neutra ou triste.

A novidade faz parte da campanha de segurança no trânsito promovida pela Ford para incentivar a convivência amigável entre motoristas e ciclistas. O objetivo é mostrar que, dando aos ciclistas a possibilidade de expressar suas intenções e sentimentos por meio de emojis, é possível reduzir o estresse nas ruas.

“Hoje, vivemos e dirigimos num mundo onde a comunicação é crucial. Mas a interação entre motoristas e ciclistas quase sempre se limita a um toque de buzina ou gesto agressivo. Além disso, os ciclistas normalmente precisam tirar a mão do guidão para se comunicar. A jaqueta Emoji usa um meio de comunicação de compreensão universal para diminuir as tensões”, diz Emmanuel Lubrani, especialista de segurança da Ford Europa.

Considerado o meio de transporte mais sustentável do planeta, a bicicleta tem sido cada vez mais usada. O Brasil tem uma frota de mais de 70 milhões de bikes, segundo a Abraciclo, número muito superior ao de carros, utilitários, caminhões e ônibus em circulação, que de acordo com o Sindipeças é de 44,8 milhões.

Linguagem universal

Criados há mais de 20 anos, os emojis são considerados a primeira línguagem nascida no mundo digital. Segundo o primeiro Relatório de Tendências de Emojis, a maioria das pessoas se sente mais à vontade para expressar suas emoções por meio dessas figuras do que por telefone.

“Os emojis tornaram-se uma parte importante da linguagem atual. Eles permitem uma comunicação rápida usando expressões faciais, humor ou sarcasmo. A jaqueta criada em parceria com a Ford ajuda os ciclistas a expressar seus sentimentos e cria um importante vínculo emocional entre eles e outros usuários das ruas”, destaca o Dr. Neil Cohn, PhD e professor assistente do Departamento de Comunicação e Cognição da Universidade de Tilburg, na Holanda.

Artigos Relacionados
Leia mais em Destaques
Comentários estão fechados

Veja também

Instituto Renault celebra 10 anos de atuação no Brasil

Criado em 14 de setembro 2010, o Instituto atua em dois eixos principais: inclusão e mobil…