A Ford anunciou que já cumpriu o seu acordo com o UAW – Sindicato dos empregados na indústria automobilística norte-americana ao criar mais de 14.000 postos de trabalho, com base em novos investimentos, na ampliação de turnos e na introdução de novos modelos no mercado dos Estados Unidos.
 
As negociações com o poderoso sindicato começaram em 2011 e colaboraram para a recuperação da empresa após a grande crise de 2008. A competitividade e a crescente demanda por automóveis, utilitários e caminhões da marca refletem o empenho da Ford no esforço para o crescimento da economia americana.
 
As unidades industriais onde a Ford acrescentou postos de trabalho foram:  3.600 novos empregos na Planta de Louisville; 1.800 em Michigan; 1.700 em Flat Rock; 1.600 em Chicago; 600 em Kentucky Truck; 450 na fábrica de motores em Cleveland; 240 na unidade Van Dyke de Transmissões; 230 novos empregos na Planta de Estamparia de Chicago; 1.200 em Kansas City, que produz as picapes F-150 cabine simples, supercab e supercrew e que, até o final de 2014, vai empregar mais de 6.000 trabalhadores horistas, em regime de dois turnos.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

 

 
A Ford anunciou que já cumpriu o seu acordo com o UAW – Sindicato dos empregados na indústria automobilística norte-americana ao criar mais de 14.000 postos de trabalho, com base em novos investimentos, na ampliação de turnos e na introdução de novos modelos no mercado dos Estados Unidos.
 
As negociações com o poderoso sindicato começaram em 2011 e colaboraram para a recuperação da empresa após a grande crise de 2008. A competitividade e a crescente demanda por automóveis, utilitários e caminhões da marca refletem o empenho da Ford no esforço para o crescimento da economia americana.
 
As unidades industriais onde a Ford acrescentou postos de trabalho foram:  3.600 novos empregos na Planta de Louisville; 1.800 em Michigan; 1.700 em Flat Rock; 1.600 em Chicago; 600 em Kentucky Truck; 450 na fábrica de motores em Cleveland; 240 na unidade Van Dyke de Transmissões; 230 novos empregos na Planta de Estamparia de Chicago; 1.200 em Kansas City, que produz as picapes F-150 cabine simples, supercab e supercrew e que, até o final de 2014, vai empregar mais de 6.000 trabalhadores horistas, em regime de dois turnos.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Moto Honda suspende temporariamente a produção

Durante esse período, os colaboradores das áreas administrativas e produtivas entram em fé…