A Ford f-150 elétrica, que estreia em 2022, terá a maior potência, torque e capacidade de retoque já oferecidos na linha até hoje

A Ford anunciou hoje (17) o início da produção da nova F-150 no histórico complexo do Rouge, em Dearborn, EUA, e a construção de um novo centro de veículos elétricos no local, onde será feita a F-150 elétrica em meados de 2022, além de uma versão híbrida – veja o vídeo.

“Estamos orgulhosos de mais uma vez inovar para o futuro no Rouge, com a estreia da nova F-150 e a construção de um novo centro de manufatura para a produção da primeira F-150 elétrica”, disse Bill Ford, presidente do Conselho da Ford. “A crise de Covid-19 deste ano deixou claro por que é tão importante para empresas como a Ford ajudar a manter nossa base de manufatura forte e ajudar o país a voltar ao trabalho.”

Um estudo recém-lançado do Boston Consulting Group (BCG) revelou que a Série F, picape mais vendida da América desde 1977, está entre os bens de consumo mais valiosos da América e é um importante gerador de empregos. Seus dados incluem:

• Dos mais de dois milhões de picapes grandes produzidas nos EUA no ano passado, a Ford montou quase a metade – o dobro de qualquer outra montadora;
• A Série F contribuiu com quase US$ 50 bilhões para o PIB dos EUA;
• A Série F sozinha gera mais receita do que grandes empresas como McDonalds, Nike, Coca-Cola, Visa e Netflix.

A nova F-150 chega ao mercado norte-americano em novembro para elevar o padrão das picapes. Ela terá a maior capacidade de reboque e carga útil do segmento e recursos totalmente novos para aumentar a produtividade, como atualizações “over-the-air” e um trem de força híbrido PowerBoost de 3.5 litros com gerador de energia integrado, o Pro Power Onboard.

“O lançamento da nova F-150 está a caminho – no prazo e com a qualidade que os nossos clientes exigem para realizar o seu trabalho”, disse Jim Farley, diretor de Operações da Ford e novo CEO. “As picapes Série F são a espinha dorsal do trabalho e da produtividade dos EUA. Agora estamos nos preparando para construir uma versão elétrica do veículo mais popular da América, uma ferramenta realmente capaz feita especialmente para os clientes de picapes.”

A F-150 elétrica está passando por dezenas de milhares de horas e milhões de quilômetros de testes extenuantes nas pistas e laboratórios para ser a picape mais poderosa e com menor custo total de operação da linha já feita até hoje. Além disso:

• A Ford vai lançar uma nova tecnologia na F-150 elétrica que permite usar a picape como fonte de energia para acampamentos e locais de trabalho;
• A F-150 elétrica contará com dois motores elétricos para entregar mais potência, torque, aceleração e capacidade de reboque que qualquer F-150 disponível hoje;
• Veículos elétricos, como a F-150 elétrica, requerem significativamente menos manutenção que um motor a gasolina típico, com economia de mais de 40% no custo total operação;
• Com um porta-malas dianteiro gigante, a F-150 elétrica aumenta a versatilidade e segurança no transporte de carga e objetos valiosos;
• Como os demais modelos da nova F-150, a versão elétrica será melhorada continuamente ao longo do tempo com atualizações rápidas “over-the-air”.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Ônibus VW moderniza frota argentina de transporte público

Como motorização MAN D08, esses dois Volksbus têm sistema EGR de tratamento de emissões, d…