Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

 

\"\" 
 
A Ford introduziu este ano a opção de freio ABS para toda a linha de caminhões Cargo. O sistema antitravamento (do inglês Anti-lock Braking System) garante o controle do veículo durante frenagens de emergência ou caso uma das rodas escorregue ao passar por uma superfície de baixo atrito, como ruas de paralelepípedo ou com manchas de óleo, aumentando a segurança.
 
"A grande vantagem do ABS é permitir que o motorista freie e desvie o veículo ao mesmo tempo. É um recurso importante, que pode reduzir a quantidade de acidentes e aumentar significativamente a segurança dos ocupantes, ainda mais num país como o Brasil, com regiões de grande volume de chuvas", explica Silvia Iombriller, supervisora de Freios da Ford e coordenadora do Comitê de Freios da ABNT, que está revisando a norma para caminhões, carros, ônibus e carretas.
 
Segundo ela, nos mercados mais avançados o ABS já é item obrigatório nos caminhões há cerca de 20 anos, mas no Brasil ainda existem alguns mitos em torno do sistema, por falta de conhecimento. Entre eles estão a falsa ideia de que o ABS tem uma eletrônica complexa, exige manutenção frequente ou pode comprometer a eficiência do freio caso haja alguma falha.
 
"Na verdade, o ABS tem um funcionamento relativamente simples, não requer manutenção preventiva e é muito seguro. E tem outra vantagem que os frotistas vão gostar: economiza os pneus, reduzindo o desgaste irregular por travamentos", diz a especialista. "O investimento feito no equipamento é plenamente justificado, principalmente tratando-se de veículos pesados, em que os acidentes envolvem um potencial grande de danos. Sem dúvida, é um grande avanço para o nosso mercado."
 
Confiabilidade
 
A Ford desenvolveu e testou o sistema de freio ABS para toda a linha Cargo, que é composta dos modelos leves, médios e pesados e com tração 4×2, 6×2 e 6×4. O processo envolveu simulações virtuais, testes de bancada e testes de rodagem simulando as diferentes aplicações dos veículos, no Campo de Provas de Tatuí, em São Paulo, o único do gênero na América do Sul com estrutura para o desenvolvimento de caminhões. Houve também testes realizados na Europa.
 
O sistema ABS é formado basicamente por uma central eletrônica, sensores de roda e válvulas moduladoras. Os sensores fazem a leitura individual da velocidade de cada roda e, usando como parâmetro uma roda dentada, informam à central eletrônica se uma das rodas travar. O sistema então aciona as válvulas moduladoras, que controlam a pressão das câmaras de freio para evitar o travamento, de forma pulsante.
 
O sistema não requer manutenção preventiva e, caso haja qualquer falha, uma luz se acende no painel alertando o motorista para que seja feita a correção. No entanto, isso não traz nenhuma interferência no funcionamento do sistema convencional de freios de serviço.
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Fundação Volkswagen lança o Moveaê, seu novo jogo de mobilidade urbana

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.Game está disponível para computa…