O novo motor 1.5 de 136 cv e a transmissão automática ajudaram a alavancar o sucesso da linha.

O Ford Ka encerrou o ano com crescimento em volume e participação tanto na versão hatch como no sedã e consolidou sua posição como uma das linhas mais vendidas do mercado brasileiro. O Ka hatch somou 103.291 unidades, que correspondem a um crescimento de 9,1% sobre 2017, enquanto o segmento avançou 8,1%. Com isso, elevou a sua participação para 12,2% na categoria e também foi o vice-líder da indústria, segundo dados do Renavam.

As novidades da linha 2019, como carroceria reforçada, motor 1.5 Ti-VCT de 136 cv – o mais potente da categoria –, transmissão automática de seis marchas, central multimídia SYNC 3 e outros equipamentos que elevaram o padrão de tecnologia, segurança e conforto, além do lançamento da versão FreeStyle, contribuíram para impulsionar o sucesso do hatch da Ford.

O Ka Sedan mostrou um avanço ainda maior, com um crescimento de 40% nas vendas e mais de 39.000 emplacamentos, passando do quinto para o terceiro lugar no segmento de sedãs compactos, com 10,1% de participação. Assim como o irmão hatch, o modelo de três volumes se beneficiou da introdução do novo motor e da transmissão automática, atendendo consumidores de diferentes faixas do mercado.

“As mudanças do Ka foram muito bem recebidas pelos consumidores, que reconheceram a evolução e a competitividade do produto no segmento mais disputado do mercado, entre uma série de lançamentos”, diz Reinaldo Faga, diretor de Vendas da Ford. “É um carro que combina design, desempenho e espaço interno com preço atraente e muita versatilidade.”

O desempenho da linha Ka ajudou a Ford a fechar 2018 com um crescimento de cerca de 10% nas vendas – e um total de 235.841 unidades –, mantendo a quarta posição no ranking das marcas.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Fiat celebra 100 anos de história na Argentina

A expansão da Fiat na Argentina inicialmente se baseou na comercialização das últimas novi…