O Ford Ka registrou o maior volume do ano em agosto, mês que marcou o início de vendas da linha 2019. O hatch somou 10.095 emplacamentos e se consolidou na vice-liderança do mercado, mostrando a boa aceitação das novidades introduzidas no modelo.

Além de carroceria com estrutura reforçada, o Ka 2019 passou a oferecer o novo motor 1.5 Ti-VCT Flex de três cilindros com 136 cv, transmissão automática, central multimídia SYNC 3 com tela flutuante de 6,5 polegadas, seis airbags, bancos de couro e botão de partida Ford Power, entre outros opcionais. A versão aventureira FreeStyle e a topo de linha Titanium são outras novidades que ampliam o leque de opções para os consumidores.

“O Ka foi um dos responsáveis por elevar o padrão dos carros de entrada no mercado brasileiro, com boa oferta de equipamentos de série em toda a linha”, diz Bruno Venditti, gerente de Marketing de Varejo da Ford. “Com a chegada da transmissão automática e das novas versões FreeStyle e Titanium, agora ele passa a atender também as faixas de topo da categoria.”

A Ranger, o Mustang, o Fusion e o EcoSport foram outros destaques da marca em agosto. Com 2.175 unidades, a Ranger respondeu por 18,9% do segmento de picapes médias, a sua melhor participação no ano. O Mustang emplacou 105 unidades e atingiu um novo marco, passando de 800 veículos desde o lançamento. Com esse volume, significativo para uma categoria de nicho, o “muscle car” hoje é dono de nada menos que 93% das vendas de esportivos e esportivos premium no Brasil.

O Fusion continuou a liderar o segmento de sedãs CD de luxo, com 515 unidades e 72,6% de participação. E o EcoSport manteve a sua presença forte no segmento de SUVs, com mais de 3.000 unidades.

Artigos Relacionados
Leia mais em Destaques
Comentários estão fechados

Veja também

Fiat Toro bate marca de 200 mil unidades e chega com versão Ultra

Com motor 2.0 Diesel, tração 4×4 e câmbio automático de nove marchas, nova versão tra…