A picape média da Ford, que acaba de lançar a versão esportiva Storm, vem ganhado espaço e tornou-se vice-líder do segmento

O mercado automobilístico brasileiro vive hoje uma situação atípica, com quedas desiguais de volumes que produzem mudanças no ranking de vendas. Dentro desse cenário, alguns modelos se destacam, como é o caso da Ranger, que tem conseguido manter um crescimento consistente de participação.

Em abril, a picape média da Ford atingiu sua maior participação dos últimos três anos, de 21,1%, e tornou-se a vice-líder da categoria (resultado parcial até dia 21). Lembrando que o modelo terminou 2019 com 16,8% de participação no segmento e cresceu para 18,3% em março.

Na faixa intermediária do segmento, onde historicamente é líder com as versões XLS, a Ford Ranger conta com uma participação ainda mais expressiva, de 32,1%.

“A Ranger XLS consegue atender as necessidades de diferentes perfis de público com suas três versões: 4×2 com transmissão automática e 4×4 com transmissão manual ou automática. Seu grande trunfo é combinar capacidade off-road e ótimo nível de equipamentos com versatilidade e baixo custo de manutenção”, destaca Mauricio Greco, diretor executivo de Marketing da Ford.

Em termos de desempenho a Ranger também traz recursos que nenhuma outra picape da categoria oferece, como sistema anticapotamento e capacidade de imersão de 800 mm, além de diferencial traseiro blocante com acionamento eletrônico no painel.

Nas versões topo de linha, XLT e Limited, a Ranger vem crescendo desde o lançamento da linha 2020 e já é vice-líder do segmento, com 22,7% de participação. Entre outros diferenciais, ela traz a tecnologia embarcada mais avançada do segmento ¬– é a única que oferece, por exemplo, assistente autônomo de frenagem com detecção de pedestres, sistema de reconhecimento de sinais de trânsito, farol alto automático e sistema ativo de permanência em faixa.

Além destas e outras novidades introduzidas na nova linha, a Ranger acaba de lançar a versão Storm, com perfil esportivo e off-road, que já conta com 138 unidades faturadas – incluindo vendas pelo sistema “Compre sem sair de casa”, da Ford, onde o cliente pode adquirir o veículo por meio de atendimento remoto, com conforto e segurança.

“Com motor 3.2 de 200 cv, transmissão automática, pneus Pirelli Scorpion AT Plus, santantônio, estribo, outros itens funcionais e preço de R$150.990, a Ranger Storm está sendo muito bem aceita, atendendo o desejo dos consumidores que não encontravam uma picape com todos esses atributos e personalidade”, diz Mauricio Greco. “Como nas demais versões, esse alinhamento com os clientes é o grande responsável pelo sucesso da nossa picape.”

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Dia Nacional do Trânsito: a importância da revisão de segurança

Especialista cita e explica itens que devem ser checados no carro Levando em consideração …