Home Notícias Ford revela data de lançamento do Territory no Brasil

Ford revela data de lançamento do Territory no Brasil

Comentários desativados em Ford revela data de lançamento do Territory no Brasil

A Ford estreou um novo canal de comunicação com a imprensa – o Podcast Ford – e reservou para o primeiro programa um anúncio importante. Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul e Grupo de Mercados Internacionais, revela a data de lançamento do Territory, novo SUV médio que chega para completar o portfólio da marca no Brasil.

Na entrevista, Lyle Watters fala sobre a importância desse lançamento e da tradição que a Ford tem no segmento de SUVs em todo o mundo. “Somente no ano passado, nós vendemos cerca de 1,5 milhão de SUVs globalmente. É uma linha com 15 modelos de sucesso – desde o EcoSport ao Lincoln Navigator – incluindo os novos Bronco e Bronco Sport, que acabam de ser revelados globalmente, e o Mustang Mach-E, que chega em breve ao mercado mundial.”

O executivo destacou também o pioneirismo do EcoSport, que foi desenvolvido no Brasil e alcançou mais de 100 mercados mundiais, e a presença do Edge ST, SUV grande esportivo. “Identificamos que havia uma oportunidade de expandir a nossa linha com o Territory, posicionado numa faixa de preço entre esses dois modelos”, diz.

Segundo ele, o Territory é um produto que se baseia em três pilares: conforto, conectividade e tecnologia, para consumidores que exigem mais espaço e refinamento. “Dentro do carro, você imediatamente sente a superioridade em espaço e acabamento, com conectividade e tecnologias intuitivas. Com o FordPass, que estará conectado ao modem embarcado, os consumidores terão acesso a várias informações e funções remotas do veículo. Tenho certeza que é um grande produto conectado para consumidores conectados”, explica.

Para ver a entrevista completa acesse este link.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Novo CTB “simplifica por um lado e endurece por outro”, diz ministro

Validade da CNH passa de cinco para dez anos O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes …