Home Notícias Ford testa a nova Transit Connect híbrida em serviço de táxi nos EUA

Ford testa a nova Transit Connect híbrida em serviço de táxi nos EUA

Comentários desativados em Ford testa a nova Transit Connect híbrida em serviço de táxi nos EUA
A Ford começou a testar este ano uma tecnologia de nova geração de veículos elétricos, incluindo a van Transit Connect híbrida que é uma das grandes atrações do Salão de Detroit. Uma frota de 20 protótipos da Transit Connect híbrida já está rodando em serviço de táxi em Nova York e outras grandes cidades norte-americanas para avaliar o seu desempenho em condições reais de tráfego intenso.
A Ford também anunciou o lançamento, no final deste ano, de uma van híbrida “plug-in” Transit Custom na Europa, junto com um novo pacote de serviços de mobilidade, telemática e soluções de conectividade.
 
A nova Transit Connect híbrida tem como modelo o sucesso do primeiro táxi híbrido do mundo – o Ford Escape Hybrid –, que foi também o primeiro utilitário esportivo híbrido do mundo e o primeiro híbrido produzido na América do Norte. Muitos táxis Escape Hybrid ainda estão rodando e transportando passageiros, com mais de 560.000 km cada e usando as baterias originais.
Hoje, a Ford é a marca de híbridos “plug-in” mais vendida da América e a segunda em vendas globais de veículos elétricos nos Estados Unidos. Aproveitando suas duas décadas de experiência nesse segmento, a Ford está usando as lições aprendidas para desenvolver tecnologia patenteada, softwares e serviços para atrair os consumidores de picapes, utilitários esportivos, carros de alto desempenho e frotas comerciais com modelos elétricos.
“A estratégia global da Ford para veículos elétricos é aproveitar os nossos pontos fortes”, diz Raj Nair, vice-presidente executivo de Desenvolvimento do Produto da Ford. “Diferentemente de outras marcas, que parecem estar focadas em apelos de marketing e números, nos concentramos em oferecer aos clientes ainda mais do que eles amam nos veículos da Ford. Isso significa mais capacidade nas picapes, mais produtividade nos veículos comerciais e mais desempenho nos carros esportivos – além de mais economia de combustível.”
 
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Equipe Mercedes-EQ de Fórmula E enfrenta os desafios do primeiro E-Prix de Puebla

Equipe Mercedes-EQ segue líder no campeonato de construtores A equipe Mercedes-EQ de Fórmu…