A Ford adotou uma solução inovadora para garantir o uso das pistas do campo de provas de Lommel, na Bélgica, durante todo o ano independentemente do clima: um secador gigante, de concepção semelhante aos usados para secar cabelos, só que muito maior e mais potente. Principal pista de desenvolvimento de veículos da Ford na Europa, o campo de Lommel fica numa região onde chove durante um terço do ano e também é comum a incidência de neve e granizo que atrapalham os testes.
 
Com o ritmo atual, acelerado e constante, de desenvolvimento de novas tecnologias e veículos, aumentar a disponibilidade de horas de teste é um fator importante de competitividade para a marca.
 
\"\"
 
A ideia de usar o equipamento surgiu quando uma equipe de engenheiros da Ford estava no Aeroporto de Schipol, na vizinha Holanda, aguardando seu voo para a Itália e viu secadores de ar a jato sendo usados para limpar a pista. Eles entraram em contato no mesmo dia com a fabricante, a Liberty Gas Turbine, na Holanda, que produz os secadores Turbojet para uso em aeroportos, e agendou um teste.
 
Capaz de atingir temperaturas de 550°C e gerar a mesma potência que 32 Focus ST, o secador limpou os 1.000 metros de pista necessários para os testes em menos de três horas. O equipamento é útil principalmente quando neva, para eliminar a água que sobra depois de a equipe remover a primeira camada de neve.
 
O seu motor, dotado de um cilindro com sistema de pós-combustão – desenvolvido para jatos – pesa 321 kg e desenvolve 8.000 cv à rotação de 15.600 rpm. O conjunto todo, puxado por um trator, pesa 8 toneladas e tem velocidade máxima de 40 km/h.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Mercedes-Benz do Brasil é premiada por iniciativas de diversidade

Seguindo estratégia global da Daimler, Companhia valoriza as diferenças e fortalece a cult…