O software de código aberto SmartDeviceLink (ou SDL) desenvolvido pela Ford passará a ser explorado pela Toyota, como anunciado por ambas as empresas. A adoção do SDL por outras montadoras de veículos e fornecedores reforça a posição da Ford como empresa desenvolvedora de tecnologia.
No caso da Ford, o sistema SDL permite que os smartphones dos usuários sejam conectados ao sistema que dá acesso a comandos que incluem telas, botões e reconhecimento de voz. Com a adoção do software aberto pela Toyota, a tendência é incentivar o crescimento da comunidade de desenvolvedores de aplicativos ao dar chance de que os mesmos aplicativos funcionem em diferentes marcas e veículos.
Com a adoção do SmartDeviceLink as montadoras podem manter o controle de design da interface com o usuário para diferenciar seus produtos. No entanto, ao adotarem um software já implementado no mercado, proporcionam melhor experiência ao consumidor por meio de um conjunto de entretenimento, informação e navegação através dos aplicativos.
Ao criar o SmartDeviceLink a Ford contribuiu com a comunidade open-source por meio do software AppLink. 
A Engenharia da Toyota trabalhará em conjunto com a Ford e a Livio – subsidiária da Ford Motor Company e mantenedora do projeto de tecnologia SmartDeviceLink. Os desenvolvedores interessados podem encontrar mais detalhes em www.genivi.org ou www.github.com/smartdevicelink.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Novo DAF XF ganha cor laranja e amplia opção de customização do modelo

Aurora Orange completa a gama de 13 cores disponíveis para o extrapesado O novo DAF XF, la…