Para iniciar o segundo turno de produção na planta, a Ford Argentina vai contratar 220 novos funcionários em regime temporário.

A Ford anunciou que vai iniciar o segundo turno de produção na Fábrica de Pacheco, na Argentina, aumentando o volume para atender o crescimento da demanda da Ranger no Brasil e na Argentina. Assim que o segundo turno entrar em operação, a unidade passará a produzir 234 picapes por dia, volume 6% superior aos níveis anteriores à pandemia e mais de 100% superior ao do reinício da produção em 20 de maio deste ano.

A Ford produz na Fábrica de Pacheco a Ranger de nova geração, com uma plataforma global que se destaca pela robustez e alto desempenho, combinando as tecnologias mais avançadas voltadas ao conforto, assistência de direção e segurança e equipamentos exclusivos.

A Ranger produzida na Fábrica de Pacheco abastece os mercados latino-americanos. Atualmente, mais de 70% da linha é exportada para o Brasil, México, Chile, Colômbia e Peru, entre outros.

Para iniciar o segundo turno de produção na planta, a Ford Argentina vai contratar 220 novos funcionários em regime temporário. Eles vão cobrir as vagas de empregados com mais de 60 anos e fatores de risco à saúde, que atualmente estão em licença compulsória devido à pandemia.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

FCA premia fornecedores em 20 categorias e prevê que mercado vai acelerar recuperação

Cenário é de crescente necessidade de localização de produção de componentes e subcomponen…