Passo a passo exige a verificação do estado dos itens de suspensão e pneus

O alinhamento do veículo deve ser feito todas as vezes em que for efetuada a troca de algum item da suspensão, pneus e rodas e preventivamente de acordo com a recomendação da montadora. Para que o serviço seja feito de forma correta, é necessário fazer uma verificação criteriosa nos itens de suspensão e direção, como recomenda o técnico da Nakata, Eduardo Guimarães. “O mecânico deve verificar se há folga nos pivôs, terminais, buchas de bandeja, rolamentos, coluna de direção e cruzeta antes de iniciar o alinhamento”, afirma.

Outro detalhe importante na hora de acertar o alinhamento é soltar a abraçadeira da coifa da caixa de direção para não torcê-la e provocar o seu rompimento. “Quando a peça rasga, entra impurezas e água na caixa de direção e a cremalheira e a bucha sofrem desgaste por contaminação abrasiva”, acrescenta Guimarães.

O pneu também precisa estar calibrado adequadamente, conforme as especificações da montadora, e em bom estado. Isso deve ser verificado antes de fazer o alinhamento, de acordo com o técnico.

Depois de realizar essa revisão, o veículo deve ser colocado na máquina de alinhamento que vai fazer a leitura e verificar a geometria, convergência, divergência, caster e a medida do camber.

Caso alguma dessas medidas apresente divergência em relação ao especificado a mesma deve ser corrigida sempre obedecendo a recomendação da montadora do veículo.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

FCA inicia produção de máscaras cirúrgicas na fábrica de Betim

Instalada em tempo recorde, linha produz 1,5 milhão de unidades por mês; Parte da produção…