Home Notícias Fórmula SAE BRASIL 2019 reúne 70 equipes de 14 Estados

Fórmula SAE BRASIL 2019 reúne 70 equipes de 14 Estados

Comentários desativados em Fórmula SAE BRASIL 2019 reúne 70 equipes de 14 Estados

A região Sudeste lidera em número de inscrições com o total de 39 equipes

Estudantes de engenharia de 14 Estados e Distrito Federal preparam seus carros para a Competição Fórmula SAE BRASIL, que será realizada no Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo (ECPA), em Piracicaba, SP, de 28 de novembro a 1º de dezembro.

Organizados em 70 equipes – 48 na categoria Combustão e 22 na categoria Elétrica, os universitários representam 53 instituições de ensino brasileiras. Os carros são projetados e construídos pelos estudantes, que são responsáveis ainda pela viabilidade econômica do projeto, sob a supervisão de professores.

As equipes que obtiverem as melhores pontuações na etapa brasileira poderão representar o Brasil na competição mundial, promovida nos Estados Unidos em 2020 pela SAE International.

Em 2018 a Fórmula Cefast, equipe do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet-MG), e a Unicamp E-Racing, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp-SP), foram as primeiras colocadas na classificação da etapa nacional em Piracicaba (SP) nas categorias Combustão e Elétrica, respectivamente.


Participação – A região Sudeste lidera em número de inscrições com o total de 39 equipes – 20 de São Paulo, 13 de Minas Gerais, e seis do Rio de Janeiro, seguida pela região Sul com 17 equipes – oito de Santa Catarina, seis do Paraná e três do Rio Grande do Sul.

A região Nordeste totaliza nove equipes inscritas, de cinco Estados – três da Paraíba, duas da Bahia, duas de Pernambuco, uma do Maranhão e uma de Sergipe. Pelo Centro-Oeste inscreveram-se quatro equipes – duas do Distrito Federal, uma de Goiás e uma de Mato Grosso. A região Norte será representada pelo Amazonas, com uma equipe.

Carros – Os carros Fórmula SAE a combustão têm motores de quatro tempos e capacidade volumétrica máxima de 710 cm³. Os elétricos são alimentados a partir de baterias de até 600 volts, com autonomia de pelo menos 22 km e potência para alcançar velocidade superior a 100 km/h e aceleração de 0 a 100 km/h em menos de 3.7s. Na competição, a recarga das baterias é realizada em carga lenta, em área com alto nível de segurança.

História – Os carros Fórmula SAE surgiram nos Estados Unidos, em 1981. Além do Brasil e dos Estados Unidos, as competições de veículos a combustão são realizadas na Alemanha, Austrália, Áustria, Espanha, Hungria, Inglaterra, Itália e Japão. O Brasil ingressou no circuito em 2004, com o objetivo de fomentar nos estudantes de graduação e pós-graduação de engenharia a especialização técnica em veículos de alto desempenho, de acordo com as regras definidas pela SAE International. As competições de veículos na categoria elétrica são realizadas na Alemanha, Austrália, Inglaterra e Itália, além do Brasil e Estados Unidos.

“Os programas estudantis da SAE BRASIL motivam os jovens à carreira de engenharia e lançam desafios muito além do conhecimento acadêmico adquirido na sala de aula”, analisa Mauro Correia, presidente da SAE BRASIL 2017/2019.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Volkswagen anuncia atualizações remotas de software modelos ID.

Marca segue se transformando numa provedora de mobilidade orientada por software A Volkswa…