A água é o recurso natural mais importante para sobrevivência na Terra. De acordo com a ONU (Organização das Nações Unidas), menos de 1% da água disponível do planeta é própria para consumo e grande parte dessa água está contaminada ou é má utilizada pela sociedade. Na última quarta-feira, dia 22, Dia Mundial da Água, a Fundação Toyota do Brasil comemorou a data com resultados importantes no uso consciente desse recurso natural por meio do projeto Ambientação, realizado desde 2008 pela entidade.
A ação, que identifica oportunidades de melhorias na redução do consumo de água e energia, nas atividades do dia-a-dia e nos comportamentos, utiliza um das metodologias da montadora, o Toyota Business Practices (TBP), uma ferramenta de gestão e solução de problemas que pode ser aplicado em qualquer área. Desde 2008, a ação envolveu mais de 515 mil pessoas.
“É fundamental que as empresas e a sociedade percebam a importância das nossas atitudes no dia-a-dia. No sentido de conscientização, essa data é extremamente importante. Mas precisamos ser mais atentos e eficazes na nossa rotina e enxergarmos como podemos economizar esse recurso natural tão escasso. A Fundação Toyota acredita que sempre é possível e vai continuar apostando em ações que preservam o meio ambiente”, explica Elaine Marques, coordenadora do projeto Ambientação.
Apenas em 2016, o uso racional de água rendeu uma economia de R$ 650 mil à prefeitura de Sorocaba (SP), uma das cidades onde acontece o projeto. Um dos exemplos é da Escola Municipal “Teresa Ciambelli Gianini”. Uma atitude simples fez toda a diferença: com a colocação de lembretes para abertura dos registros dos mictórios apenas quando estivessem em uso. As funcionárias da limpeza monitoraram o fechamento dos registros e perceberam uma economia de R$ 3.088,51 em pouco mais de seis meses.
 
Já no laboratório da Estação de Tratamento de Esgoto S1 do Saae, a criação de um sistema de reaproveitamento de água do destilador e a implementação de redutores de vazão nas torneiras, reduziram o consumo de água utilizada no processo em 4.105 litros/mês.
“Esses são apenas alguns dos exemplos de como podemos adotar a metodologia da Toyota nas atividades cotidianas. Se você seguir a metodologia da forma que a teórica propõe, a gente garante o resultado positivo”, afirma Marques.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Recall de espelhos retrovisores para Fiat Mobi e Grand Siena

Campanha envolve 3.217 unidades do Fiat Mobi e 843 do Fiat Grand Siena A Fiat Chrysler Aut…