A “Plataforma do Letramento” (www.plataformadoletramento.org.br) comemora um ano, levando ao público relevante conteúdo e reflexão sobre o ensino da língua no País. O portal, criado em parceria entre a Fundação Volkswagen e o Cenpec (Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária), é um ambiente virtual de aprendizagem, aberto e gratuito, voltado aos educadores que trabalham com o ensino da leitura e da escrita. Entre as atividades oferecidas pelo portal, estão a formação on-line para educadores e voluntários, a organização de fóruns de discussão, além de atividades educativas, artigos, notícias e conteúdo multimídia, todos com foco em letramento. “A plataforma nasceu da vontade de disponibilizar o conteúdo de dez anos de trabalho da Fundação Volkswagen, na execução de projetos educacionais com municípios, e acabou se tornando referência em letramento”, explica a diretora da Fundação Volkswagen, Keli Smaniotti.
 
Até o momento, foram contabilizadas 866.225 visualizações de páginas. O ambiente virtual quebra a barreira da distância atingindo, inclusive, usuários de outros países, como Estados Unidos, Portugal, Índia, Angola e Espanha. “É uma grande conquista. Acreditamos que o desenvolvimento do letramento possibilita às pessoas novas formas de se relacionar com o mundo, com os outros e com os bens culturais”, explica a superintendente do Cenpec, Anna Helena Altenfelder. Hoje, a Plataforma tem cerca de 9.000 cadastrados a maioria profissionais da área da Educação, sendo 62% professores da educação básica, 15% gestores de escola e os outros 23% divididos entre profissionais ligados ao letramento, como bibliotecários, pesquisadores, professores universitários e estudantes do ensino superior.
 
“A Fundação Volkswagen tem orgulho de comemorar o primeiro ano da ‘Plataforma do Letramento’. Conseguimos transpor fronteiras e espalhar o conhecimento para educadores em todo o mundo por meio desse espaço virtual de aprendizagem, contribuindo para o desenvolvimento da educação”, afirmou o superintendente da Fundação Volkswagen, diretor de Assuntos Jurídicos da Volkswagen do Brasil e responsável pelo tema Sustentabilidade na empresa, Dr. Eduardo Barros. O conteúdo é elaborado por uma equipe multidisciplinar, apoiada por especialistas reconhecidos na área educacional. Além disso, a “Plataforma do Letramento” oferece os materiais pedagógicos completos de projetos educacionais da Fundação Volkswagen, democratizando esse conteúdo. E, apesar de ser direcionada principalmente a educadores e gestores, a “Plataforma do Letramento” também pode ser utilizada pelo público em geral, em trabalhos sociais e na educação dos filhos.
 
\"\"
 
Para Anna, a meta foi alcançada. “O objetivo de criar um espaço democrático, com conteúdos abertos, criativos e de relevância nacional foi atingida. Conseguimos grandes parceiros (TV Escola, UNDIME, CONSED, entre outros), mas ainda temos muitos desafios para contribuir com a formação de educadores de todo o Brasil, a fim de enfrentar as demandas das novas tecnologias, fortalecer o diálogo com as políticas públicas, como o Plano Nacional de Educação (PNE) e, principalmente, disseminar o letramento como um direito universal.” “Formação on-line”
A “Plataforma do Letramento” tem como um dos diferenciais a “Formação on-line”, que oferece dois tipos de educação a distância: cursos que podem ser realizados virtualmente pelo público em geral e cursos híbridos (direcionados para educadores, com formação presencial e também a distância). Na seção “Formação on-line”, o primeiro curso 100% a distância oferecido ao público em geral é do projeto “Entre na Roda”, que formou educadores, bibliotecários e voluntários para atuarem na escola e na comunidade, estimulando o gosto pela leitura e desenvolvendo as capacidades leitoras de crianças, jovens e adultos.
 
“Acervo” e “Projetos” – Democratizando conhecimento Navegando na “Plataforma do Letramento”, o internauta encontra a seção “Acervo” onde são oferecidos os materiais completos dos projetos “Aceleração da Aprendizagem”, “Brincar”, “Entre na Roda” e “Estudar pra Valer!”, da Fundação Volkswagen.
 
O “Acervo” conta ainda com biblioteca virtual, composta por artigos focados em letramento e temas relacionados, como alfabetização, políticas educacionais, educação infantil e ensino fundamental, entre outros, bem como sugestões de filmes, livros e sites. A área “Experimente”, também nessa seção, oferece dicas de atividades para professores usarem em aula, promovendo o letramento. A seção “Projetos” traz informações e notícias sobre o andamento dos projetos “Aceleração da Aprendizagem”, “Brincar” e “Entre na Roda”, que estão sendo oferecidos nos Estados de Bahia, Paraíba, Alagoas, Espírito Santo, Pará, Paraná, São Paulo e Piauí.
 
Na seção “Em Revista”, o internauta encontrará notícias, agenda de eventos ligados à educação, como congressos e seminários, entre outros. A seção “Especiais”, produção de conhecimento em formato inovador, conta com publicações de autores renomados sobre letramento, aprofundando temas como conteúdo histórico e políticas públicas. O “Em Rede” oferece acesso a mídias sociais, como a página da “Plataforma do Letramento” no Facebook e no YouTube que constituem canais diretos com educadores de todo o País. Na área também serão promovidos debates virtuais com personalidades da educação. Projetos da Fundação Volkswagen cujos materiais estão disponíveis na “Plataforma do Letramento”:
 
Aceleração da Aprendizagem – O projeto “Aceleração da Aprendizagem” capacita educadores e gestores para enfrentar e diminuir a distorção idade-série, corrigindo o fluxo escolar. Isso significa deslocar momentaneamente alunos multirrepetentes das classes regulares do ensino fundamental para uma classe com número reduzido de alunos na qual serão trabalhadas individualmente as dificuldades de aprendizagem. Ao final de dois anos, espera-se que os alunos atendidos tenham ampliado suas habilidades e competências escolares e possam retornar para as classes regulares em idade adequada.
 
Brincar – O “Brincar” é um projeto de formação de educadores que atuam com crianças de até cinco anos em instituições de educação infantil. O projeto favorece a reflexão sobre a infância e a cultura infantil, tendo o brincar e o letramento como eixo central. Oferece formação presencial e a distância para professores, auxiliares de ensino, gestores de escolas e de secretarias de educação.
 
Entre na Roda – Forma educadores, bibliotecários e voluntários para atuarem na escola e na comunidade, estimulando o gosto pela leitura e desenvolvendo as capacidades leitoras de crianças, jovens e adultos.
 
Estudar pra Valer! – O “Estudar pra Valer!”, oferecido presencialmente até 2012, tem como proposta formar educadores do ensino fundamental para alcançar a melhoria na qualidade de aprendizagem dos estudantes, em especial das capacidades de leitura e escrita, de acordo com cada ano-série, no caso do ciclo I, ou independentemente das disciplinas, no caso do ciclo II.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Novo DAF XF ganha cor laranja e amplia opção de customização do modelo

Aurora Orange completa a gama de 13 cores disponíveis para o extrapesado O novo DAF XF, la…