A Petrobrás aplicou novo reajuste nos preços da gasolina e do diesel nas refinarias. A alta foi de 6% e 4%, respectivamente. Os novos preços para as distribuidoras passaram a valer a 0h desta quarta-feira (30). 
O percentual de aumento na bomba não pode ser precisado, já que o valor de revenda para os consumidores depende da determinação dos postos. A decisão da Petrobrás foi tomada como alternativa para reequilibrar o caixa da empresa, impactado pela forte alta do dólar. 
O último reajuste determinado pela Petrobrás nas refinarias havia sido em novembro de 2014, com alta de 3% para a gasolina e de 5% para o diesel. Já neste ano, os preços, aos consumidores, foram pressionados pela elevação dos impostos PIS/Cofins e Cide, determinada pelo governo federal em janeiro desse ano.
Conforme o informativo Economia em Foco, da CNT (Confederação Nacional do Transporte), isso fez o litro do diesel ficar R$ 0,19 mais caro para os consumidores. A alta foi maior que a previsão do governo federal na época, que era de R$ 0,15.
O documento alerta que o aumento dos preços do principal insumo do setor tem impactado fortemente as empresas do setor de transporte, com redução de receitas líquidas e pondo em risco investimentos e manutenção de empregos. 
Fonte: Agência CNT de Notícias
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Troller Brasil Festival reúne mais de 150 carros no rali em Itu

A tradicional prova de final de ano foi considerada uma das melhores dos últimos tempos O …