A General Motors vai investir US$ 500 milhões nas instalações da GM em Alvear, província de Santa Fé – sendo US$ 300 milhões investidos pela empresa e US$ 200 milhões investidos pela rede de fornecedores de GM.
O anúncio foi feito pelo presidente do GM Mercosul, Carlos Zarlenga, com a presença de Miguel Lifschitz, governador de Santa Fé, Martin Etchegoyen, secretário federal da indústria, e Barry Engle, presidente da GM América do Sul. O valor faz parte de um plano de investimento ambicioso na região sul-americana para produzir uma nova família global de veículos.
O aporte tem como objetivo fortalecer o negócio da GM através do desenvolvimento de novos produtos, tecnologias e conceitos inovadores de manufatura 4.0 além da produção de uma plataforma inédita para um novo modelo global da Chevrolet. Este investimento será realizado de 2017 a 2019 e permitirá criar novos empregos diretos a partir de 2020, quando a produção do novo modelo começar.
“Com esse anúncio, a GM renova seu compromisso com a Argentina. Vamos investir fortemente no país com o objetivo de produzir um novo modelo global de alto valor agregado. Esse produto ajudará a fortalecer a base das exportações da Argentina de acordo com o ‘Plano de 1 milhão’ lançado pelo Governo Federal e aumentará a produção doméstica posicionando a Argentina como uma plataforma global de exportação”, disse Carlos Zarlenga, presidente da GM Mercosul.
O novo investimento da GM soma-se aos US$ 740 milhões já investidos na fábrica de Alvear de 2014 a 2016, e fortalece o compromisso da GM em fabricar veículos de última geração de forma sustentável no Complexo Industrial de Alvear. Em dezembro, o Complexo celebra seu 20º aniversário, seguindo como a única planta da Argentina com 100% de reciclagem.
Esse novo investimento contempla ainda um aumento das operações da GM no Terminal Puerto de Rosário (TPR), onde cerca de 6.000 contêineres e 1.500 veículos são transportados anualmente. Na conclusão desse novo investimento, a capacidade de movimentação de contêiner por ano será dobrada e o volume de importação e exportação de veículos será superior a 100 mil unidades por ano.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Mobi é o PCD mais barato do Brasil

Mobi Easy com isenções pode custar R$ 25.799, preço abaixo de qualquer outro modelo no paí…