\"\"

 
Em outubro, o número de financiamentos de motos novas da Honda cresceu 4,3% em relação ao mês anterior, alcançando 67.713 unidades. No acumulado do ano, a marca já financiou 706.805 motos, entre novas e usadas.
 
O levantamento é da Cetip, que opera o maior banco de dados privado de informações sobre financiamentos de veículos do país, o Sistema Nacional de Gravames (SNG). Os números contemplam os veículos comercializados por crédito direto ao consumidor (CDC), leasing e autofinanciamento (consórcio).
 
A segunda marca que mais aumentou o seu número de financiamento de motos foi a BMW, que passou de 364 para 399 motos novas em outubro – um aumento de 9,6%.   A BMW está na sétima colocação entre as montadoras que mais financiam motos.
 
Já a Yamaha, apesar de se manter na segunda posição do ranking mensal de financiamento de motos novas, apresentou uma redução em seu volume em outubro, de 10.738 para 10.473 unidades.
 
\"\"
 
Além de ter apresentado o maior aumento no número de financiamento de motos novas, a Honda ocupa o primeiro lugar no ranking consolidado – que reúne modelos novos e usados – de financiamento de motos, com a venda a crédito de 75.193 unidades em outubro deste ano. Em segundo lugar, aparece a Yamaha, com a venda financiada de 12.043 unidades novas e usadas em outubro. Na terceira posição do levantamento mensal ficou a Suzuki, com 1.281 motos.
 
No Brasil, foram financiadas em outubro 93.084 motos, entre novas e usadas. Desse total, 82.336 foram de unidades novas e 10.748 foram de usadas.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Veja quem são os vencedores do Prêmio Top Car TV 2020

O Prêmio Top Car TV de 2020 foi realizado de forma virtual, devido a pandemia, da Covid-19…