Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

 

 
A Honda Automóveis do Brasil (HAB) anuncia a construção de um parque eólico na cidade de Xangri-lá, no Rio Grande do Sul, que irá suprir toda a demanda de energia de sua fábrica de automóveis, localizada na cidade de Sumaré (SP). A iniciativa, inédita entre as fabricantes de automóveis presentes no País, receberá investimento inicial de R$100 milhões. Para a operação do parque eólico, que iniciará as operações em setembro de 2014, foi criada a Honda Energy do Brasil, que será subsidiária da HAB e cujo presidente será Carlos Eigi Miyakuchi, atual diretor executivo da fábrica de automóveis.
 
A energia será produzida por nove turbinas de 3MW, com capacidade instalada de 27MW. Isto representará a geração de 95.000 MWh/ano, o equivalente ao consumo de cidades como Aparecida e Barra Bonita (SP), com população estimada em 35 mil pessoas. Após a entrada em operação do parque eólico, a Honda deixará de emitir cerca de 2,2 mil toneladas de CO2 por ano, o que representa aproximadamente 30% do total gerado pela fábrica, que possui capacidade instalada para a produção de 150 mil carros por ano.
 
A iniciativa representa o primeiro investimento da Honda no mundo em uma estrutura para suprir a demanda de energia de toda uma unidade fabril. Recentemente a Honda Transmission Mfg. of America, Inc. (EUA), anunciou planos para instalação de duas turbinas para geração de energia eólica até o final de 2013 em sua unidade localizada em Russells Point, Ohio, porém as turbinas deverão suprir 10% da energia elétrica consumida pela fábrica.
 
A cidade de Xangri-lá foi escolhida pela equipe de sustentabilidade a HAB, após visitas a quase 30 locais, por sua logística privilegiada, disponibilidade de ventos, infraestrutura já instalada, além de rede de transmissão e subestação a 1 km do parque eólico.
 
"Este investimento equivale a receber um selo que atesta as excelentes condições que o Rio Grande do Sul oferece para projetos de relevância econômica e também ambiental. Além de ostentar uma marca de expressão mundial como a Honda, o empreendimento que Xangri-lá abrigará representa mais um avanço da política industrial do Governo do Estado, que tem na energia eólica um dos setores estratégicos preferenciais", diz o Secretário do Desenvolvimento e Promoção do Investimento do Estado do Rio Grande do Sul, Mauro Knijnik,
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Hyundai Creta ganha versão com motor 1.6 e câmbio automático

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.Posicionado entre as configuraçõe…