O ano de 2015 já desponta com mais uma grande novidade Honda: o lançamento da crossover NC 750X, modelo que chega para substituir a antecessora NC 700X, apresentada em 2012 e que em pouco tempo se tornou uma das motocicletas mais vendidas no segmento não só no Brasil, como também nos principais mercados do exterior. 
Entre as principais novidades, está o inédito motor de 745 cm³, potente, econômico e versátil; a nova textura aplicada à cobertura do assento, além de alterações visuais no propulsor, agora com pintura mais escurecida, que proporcionaram um conjunto mais sofisticado e atual. Com comercialização prevista para meados de fevereiro, o lançamento aposta em seu estilo imponente como forma de reforçar e ampliar o segmento Premium no Brasil, que inclui as motocicletas trail/crossover de alta cilindrada.
Produzida na fábrica de Manaus (AM), a NC 750X traz um projeto moderno e de alta tecnologia, com desenvolvimento baseado em três pilares principais: conforto, segurança e eficiência ambiental. O resultado é um conjunto único, robusto, confiável, de ótimo desempenho, grande agilidade e boa facilidade de condução, em sintonia com as principais tendências e conceitos da marca, onde os índices de emissão de poluentes são cada vez mais baixos e os níveis de segurança cada vez maiores.
 
A grande novidade da nova Honda NC 750X está no motor SOHC (Single Over Head Camshaft), um bicilíndrico em linha, quatro tempos, arrefecimento a líquido e injeção eletrônica PGM-FI (Programmed Fuel Injection). Com maior capacidade cúbica, tem agora 745 cm³ e desempenho otimizado. Em relação ao modelo anterior, a potência máxima é 4% superior, com 54,8 cv a 6.250 rpm. O torque também aumentou em 8%: são 6,94 kgf.m a 4.750 rpm. Estas características criaram uma combinação única entre desempenho e versatilidade, ideal para quem busca uma motocicleta robusta e com proposta aventureira. O resultado final proporcionou maior potência e torque de forma equilibrada para uso nos centros urbanos, com grande capacidade de manobras, excelente agilidade e arrancadas rápidas em qualquer situação.
Destaque também para o novo sistema de escapamento, de maior eficiência. O resultado pode ser constatado no prazer da pilotagem, com respostas mais rápidas e eficazes, além de baixo consumo de combustível.
Internamente, o motor da NC 750X ganhou novos balanceiros, duplos nesta nova versão, que geram menor vibração, priorizam o conforto e asseguram uma condução mais suave. A faixa de corte também foi ampliada em mais 400 rpm.
 
Com ótima área e facilidade de leitura, o painel de instrumentos digital em LCD é completo e conta como velocímetro, conta-giros, indicador de combustível, relógio e hodômetro duplo (total e parcial). Destaque para novo e prático visualizador de marchas, além do computador de bordo que fornece informações sobre o consumo médio, instantâneo e combustível utilizado (litros). No guidão elevado, a novidade está na adoção de novos manetes, mais confortáveis e com melhor aderência para o manuseio do piloto.
O chassi da nova NC 750X é do tipo Diamond e produzido em aço. Sua estrutura, assim como o motor, ganhou acabamento com pintura escurecida e destacou ainda mais o modelo, com um visual sofisticado e atual. A suspensão dianteira é do tipo garfo telescópico, com 153,5 mm. A traseira Pró-link tem curso de 150 mm e admite a possibilidade de ajustes na pré-carga da mola. A distância entre eixos é de 1.538 mm.
As rodas são de liga leve e 17 polegadas. Para maior segurança e conforto, os freios são equipados com sistema ABS (antitravamento), com disco de 320 mm na dianteira e cáliper de dois pistões. Na traseira, o disco tem 240 mm e cáliper de único pistão. Com peso total de 205 kg para a versão standard e 209 Kg para a versão com sistema de freios ABS, o conjunto contribuiu para maior estabilidade, tanto na pilotagem urbana quanto em estradas não pavimentadas.
Disponível nas cores branca perolizada e preta (nova), com um ano de garantia, a nova Honda NC 750X será oferecida nas versões standard e ABS. Tem preço público sugerido de R$ 28.990,00 (STD) e R$ 31.100,00 (ABS). Os valores têm como base o Estado de São Paulo e não incluem custos com frete e seguro.
 
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Alpine vence em seu retorno a Monte Carlo

Cinquenta anos após sua primeira vitória no Rali de Monte Carlo de 1971, a Alpine retornou…