Ganhos de produtividade, novos equipamentos e mudanças no fluxo das operações possibilitam aumento de 30 mil veículos sobre o volume anual disponível, que era de 180 mil unidades.

A Hyundai Motor Brasil está ampliando a capacidade produtiva de sua fábrica localizada na cidade de Piracicaba, interior de São Paulo, de 180 mil unidades por ano para 210 mil unidades por ano. O novo volume vai corresponder a 17 mil unidades acima do que foi produzido em 2018, quando foram fabricadas 193 mil unidades, já acima da capacidade instalada graças a ganhos de eficiência pontuais no processo de produção. Para 2019, investimentos da ordem de 125 milhões de reais em melhorias nas operações e aquisição de novos equipamentos de alta tecnologia, incluindo robôs, vão possibilitar o aumento consistente do volume de produção, passando de 36 veículos por hora para 42 veículos por hora, com a fábrica funcionando em três turnos.

“Nossa fábrica passou por melhorias em diversas áreas, principalmente nas estruturas de solda, pintura e montagem, o que torna possível esse aumento na produção e, consequentemente, maior capacidade total anual. O volume adicional de 30 mil veículos vai atender prioritariamente o mercado brasileiro, respondendo às perspectivas de crescimento do setor automotivo, que pode ultrapassar 10% em 2019, segundo a Anfavea. Com isso, a Hyundai poderá manter sua participação de mercado ao longo do ano”, comenta Eduardo Jin, presidente e CEO da Hyundai Motor Brasil.

Na época de sua inauguração, em setembro de 2012, a fábrica da Hyundai em Piracicaba apresentava uma capacidade de produção anual de 150 mil unidades, operando em dois turnos e contando com 2,5 mil funcionários. Um ano depois, o terceiro turno foi adicionado, eliminando horas extras e elevando a capacidade para 180 mil carros ao ano. O número de funcionários foi acrescido de 200 pessoas. Em 2018, com ganhos pontuais no fluxo de processo produtivo, foi possível elevar excepcionalmente a capacidade, naquele ano, para mais de 190 mil unidades. Agora, oficialmente, a capacidade da fábrica passa a ser de 210 mil unidades ao ano.

Em volumes totais produzidos efetivamente, a Hyundai Motor Brasil fabricou 27 mil carros em 2012, de setembro a dezembro, unicamente do modelo HB20 hatch. Em 2013, no primeiro ano completo de operação, o volume total foi de 167 mil carros, já contemplando as versões hatch e sedã do HB20. No ano seguinte, a produção total bateu em 179 mil unidades. Em 2015 e 2016, os volumes anuais foram de 175 mil e 162 mil, respectivamente. O total de 183 mil unidades seria atingido em 2017, primeiro ano em que a produção do SUV compacto Creta se somou à do HB20. Em 2018, o recorde da fábrica foi estabelecido em 193 mil unidades.

A fábrica em Piracicaba tem operado, desde sua inauguração, com ocupação acima de 90% da capacidade instalada, dedicando mais de 95% de sua produção dos modelos HB20 e Creta para o mercado doméstico. O volume restante é destinado para exportação ao Paraguai, Uruguai e, recentemente, à Colômbia. Durante os anos de crise da economia brasileira, em 2015 e 2016, a Hyundai foi a única montadora do País a permanecer com o terceiro turno em operação, sem redução de jornada ou de postos de trabalho. No mês de agosto de 2018, a marca histórica de 1 milhão de veículos produzidos foi alcançada, estabelecendo um novo recorde de menos de 6 anos para tal volume na indústria automobilística brasileira.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias

Veja também

Onix vira nome global da Chevrolet

Objetivo é projetar em âmbito mundial expressão de sucesso alcançada regionalmente. O suce…