Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
As más condições das rodovias brasileiras geram perdas de vidas, além dos prejuízos ambientais e econômicos. Em 2016, foram registrados 96.362 acidentes nas rodovias federais brasileiras, resultando em 6.398 mortos. De acordo com a Pesquisa CNT de Rodovias 2017, esses acidentes custaram R$ 10,88 bilhões em 2016, levando em consideração os custos das perdas de vidas, dos danos materiais dos veículos e das perdas de cargas. 
O presidente da seção de Transporte Rodoviário de Cargas da CNT, Flávio Benatti, chama a atenção para o fato de que o gasto com acidentes é maior do que o valor investido pelo governo federal em rodovias. Em 2016, foram pagos R$ 8,61 bilhões em infraestrutura rodoviária (incluindo restos a pagar). “Com acidentes, foram mais de R$ 10 bilhões. Seria mais fácil investir esses recursos em melhoria da malha.”
 
Na avaliação da CNT, a oferta de uma boa qualidade de infraestrutura rodoviária – com pavimento, sinalização e geometria da via adequados — é decisiva para a diminuição dos acidentes e das mortes. 
A Pesquisa CNT de Rodovias mostra que o estado geral de 61,8% da extensão pesquisada apresentou algum tipo de problema. Foram analisados 105.814 km — um acréscimo de 2.555 km (2,5%) em relação ao ano anterior.
Entre as características observadas, a maior queda de qualidade se deu na sinalização, com 59,2% dos trechos apresentando algum tipo de problema nessa característica. A avaliação mostra que, em metade da extensão avaliada (50%), o pavimento foi considerado regular, ruim ou péssimo e, em 77,9%, a geometria da via apresentava alguma deficiência.
Fonte: Agência CNT de Notícias
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

BMW M2 Competition: o caçador de recordes

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.O motor 3.0 litros M TwinPower Tu…