O Ford Ka foi o carro que mais cresceu nos emplacamentos no primeiro trimestre de 2015, com um avanço de mais de 600% comparado ao mesmo período do ano passado. Em abril, a linha registrou cerca de 12.000 veículos entre os modelos Ka e Ka+, respectivamente as versões hatch e sedã. O Ford Ka ficou entre os três veículos mais vendidos do País, com 7.845 unidades, enquanto o Ka+ foi um dos destaques de seu segmento com 3.909 unidades.
Considerando os carros com motor 1.0, o Ford Ka foi o segundo mais vendido da indústria. O Ford Ka+ teve em abril a melhor participação de sua história entre os sedãs compactos, com 10,3% dos emplacamentos, e ficou entre os quatro mais vendidos da categoria. Desde janeiro, as vendas do sedã vêm crescendo de forma consistente, em torno de 2 pontos percentuais por mês.
Isso mostra a força da linha de nova geração, que inaugurou uma plataforma global e trouxe itens inéditos na categoria. Além de contar com o motor 1.0 mais potente e econômico da categoria, com 85 cv e selo A de eficiência energética do Inmetro, o compacto se destaca pela boa oferta de equipamentos desde a versão de entrada.
 
Diferentemente do hatch, que tem as vendas concentradas no motor 1.0, no Ford Ka+ a preferência é pelo Sigma 1.5 16V Flex, de 110 cv. Além de ser um dos mais potentes da categoria, também é o mais econômico da sua classe. As duas versões de carroceria contam ainda com a opção de controle eletrônico de estabilidade e tração (AdvanceTrac) e assistente de partida em rampas, exclusivos na categoria.
Ar-condicionado de alta performance, direção elétrica, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas com controle remoto e rádio com Bluetooth, USB e MyFord Dock fazem parte dos seus itens de série. As condições especiais de venda oferecidas pela Ford, com taxa zero para pagamento em até 30 meses e 60% de entrada, contribuíram para reforçar a sua competitividade no segmento mais disputado do mercado.
“O Ka é resultado de um projeto moderno, inovador na tecnologia e na estrutura de catálogos. Ele valoriza e respeita o consumidor que hoje exige carros bem equipados, inteligentes, e está mais atento ao custo-benefício. O seu sucesso se deve muito à adoção desse novo conceito”, diz Oswaldo Ramos, gerente geral de Marketing da Ford.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Nissan comemora 20 anos de uma história de sucesso no Brasil

Da importação de carros à fabricante nacional de automóveis, marca consolida sua presença …