\"\"Foi com sete anos que Leandro Totti descobriu a paixão pelo automobilismo e iniciou sua carreira correndo de kart. Com dificuldades financeiras, aos 10 anos largou o kart e já na adolescência começou a investir em uma oficina mecânica. No ano de 2003, recebeu um convite da equipe Ford, da Fórmula Truck, para ser o chefe de equipe e cuidar de toda parte mecânica e de reparos dos caminhões. “Esse ano foi um divisor de águas na minha vida. O piloto principal da equipe, Ernesto Pívaro Neto (Gardenal), sofreu um acidente e entrou em coma, deixando a competição. Depois de 17 dias, quando voltou do coma, ele me indicou para substituí-lo”, conta o piloto.
 
O preconceito e a superação
 
Quando assumiu o lugar de Ernesto, Totti foi muito discriminado. “As pessoas diziam que ele era louco de colocar um mecânico sem experiência pra correr. Ninguém acreditava em mim. O Gardenal conseguiu a confiança dos patrocinadores dizendo que se eu não conseguisse resultado eles não precisariam pagar”.
 
Mas todos pagaram. Poucos imaginavam que a combinação de mecânico com piloto seria a fórmula perfeita para o sucesso. Já no primeiro ano a equipe ficou em 8º lugar e desde então a carreira de Totti vem numa crescente que, no ano passado, o colocou em primeiro lugar na Fórmula Truck. “Acredito que um diferencial meu é que, além de pilotar, eu consigo sentir o que está errado. Foi assim que eu fui ajustando o caminhão da equipe do ano passado e consegui me tornar não só campeão brasileiro como sul americano também, em uma equipe onde o investimento dos patrocinadores não chegava aos pés dos das equipes de fábrica”.

Novos desafios
 
Após a vitória, Totti foi convidado para integrar a equipe da Volkswagen e tem agora um novo desafio: preparar o caminhão da nova equipe e conquistar seu bicampeonato na Fórmula Truck.
 
Com a responsabilidade de estrear nas pistas o novo caminhão de corrida da Volkswagen, o MAN, Totti não se intimida, mesmo não tendo treinado na máquina. “O caminhão é novíssimo, ainda nem testamos, só teremos essa oportunidade dois dias antes do inicio da temporada”, comenta.
 
Para Totti a pressão maior será para o piloto que for correr em seu antigo caminhão, já que estará com a máquina campeã do ano passado e, atualmente, considerada a mais preparada para a competição. “Deixo na equipe da ABF um caminhão perfeito para a prova, que sofreu ajustes durante toda competição até chegar onde chegou. Agora preciso começar esse processo de ajustes em minha nova equipe para garantir mais um campeonato”.
 
Uma categoria sem desigualdades
 
No mercado das competições automobilísticas geralmente saem na frente as equipes com maior patrocínio e melhor tecnologia. A combinação destes fatores permite que alguns pilotos se destaquem nas pistas com carros mais velozes e eficientes, o que acaba deixando o resultado previsível.
 
Pensando nisso, Totti criou a categoria fórmula Spider Race, na qual ele prepara o carro de todas as equipes de forma igual, independentemente do quanto cada uma quer investir. “Com essa categoria eu consigo explorar o que realmente deve ser explorado em uma competição: o potencial do piloto”, comenta Totti.
 
O piloto é o criador e administrador dessa categoria que só existe no Brasil. Apenas carros montados em sua oficina podem participar das corridas e disputar o campeonato, que atualmente acontece apenas no Paraná.
 
Planos para 2013
 
Neste ano Totti pretende expandir o Spider Race e torná-lo um campeonato nacional e, posteriormente, mundial. Além disso, ele continua focado na Fórmula Truck e promete conquistar mais um título, além de bater o recorde de vitórias na temporada, que já é dele. “De caminhão novo, equipe nova e com o título em mãos, o recorde de seis vitórias em 10 da temporada passada será quebrado com certeza, esse é um dos meus principais objetivos nesta temporada”, finaliza o piloto.
 
Leandro Totti é piloto da equipe Volkswagen de caminhões, foi campeão brasileiro e sul americano no ano de 2012, além de ter recebido o Capacete de ouro da Revista Race. O piloto, criador da categoria Spider Race no Brasil, é patrocinado pela 3T Systems,Lorsa e Santista Textil
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Nova geração do HB20 chega a partir de R$ 46.490

Completamente renovado, modelo traz inédito motor 1.0 Turbo GDI com injeção direta de comb…