Começa neste sábado (24) a segunda temporada da história da Fórmula E, a primeira categoria movida a eletricidade sancionada pela FIA. E o palco onde se abre o campeonato 2015-2016 é o mesmo onde Lucas di Grassi fez história há pouco mais de um ano: o circuito de 3.349 metros que rodeia o Ninho do Pássaro, estádio olímpico da capital chinesa, onde o brasileiro da Audi Sport ABT Schaeffler venceu a corrida inaugural da série.
Para o campeonato que se inicia, algumas novidades em relação à temporada inaugural. Se antes todos os carros seguiam um mesmo padrão – mesmo fabricante para todas as equipes -, agora o regulamento permite que os times produzam seu próprio trem-de-força, que é o conjunto formado por transmissão, câmbio e motor elétrico, estendendo-se também à suspensão traseira.
Os cinco dias de treinos da pré-temporada em Donington Park, na Inglaterra, mostraram que os times estão bem preparados e que também trazem diferentes soluções para a liberdade que o regulamento concedeu para os times. No caso da Audi Sport ABT Schaeffler, equipe defendida por Lucas di Grassi e pelo alemão Daniel Abt, o carro tem três marchas – enquanto outras equipes usam quatro, duas, ou apenas uma.
 
“Estou tão ansioso como estava para o início da primeira temporada. Temos um novo pacote tecnológico com o nosso motor elétrico, a caixa de câmbio e outros desenvolvimentos que fizemos nos meses mais recentes. As impressões durante os testes foram absolutamente positivas – tanto em velocidade como em confiabilidade”, destacou Di Grassi.
No caso do time do brasileiro, que lutou pelo título até a etapa final e terminou o campeonato em terceiro, os prognósticos são interessantes. Lucas estabeleceu um novo recorde no tempo de volta para a Fórmula E no traçado de Donington durante os testes.
O e-Prix de Pequim tem transmissão ao vivo pelo canal Fox Sports no Brasil. Pelo horário de Brasília, a classificação acontece às duas horas da madrugada; 45 minutos depois, uma novidade na categoria: a disputa da Super Pole, quando os melhores colocados dos grupos classificatórios definem a pole position e as primeiras posições no grid. As duas sessões serão transmitidas ao vivo. A largada para 26 voltas de corrida será dada às seis horas da manhã de sábado (24), também pelo Fox Sports.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Nissan comemora 20 anos de uma história de sucesso no Brasil

Da importação de carros à fabricante nacional de automóveis, marca consolida sua presença …