Home Notícias Lucas di Grassi segue como titular da Audi no Mundial de Endurance

Lucas di Grassi segue como titular da Audi no Mundial de Endurance

Comentários desativados em Lucas di Grassi segue como titular da Audi no Mundial de Endurance

 

 
\"\"Lucas di Grassi segue como piloto titular da Audi Sport no Campeonato Mundial de Endurance (FIA WEC) e fará em 2015 sua terceira temporada pertencendo aos quadros de Ingolstadt. Quarto colocado no campeonato deste ano, com 117 pontos e tendo o segundo lugar nas 24 Horas de Le Mans e nas 6 Horas de Austin como principais resultados, o brasileiro terá um novo integrante no trio que será responsável por pilotar o Audi R18 e-tron quattro. Será o britânico Oliver Jarvis, que substitui o dinamarquês recordista de vitórias em Le Mans, Tom Kristensen, dono de nove triunfos e que anunciou sua aposentadoria em novembro.
 
Agora, Lucas di Grassi, Loïc Duval e Oliver Jarvis pilotarão o carro número 8 já inscrito para a próxima temporada do FIA WEC, que se inicia em 12 de abril com as 6 Horas de Silverstone. O ano se aproxima do fim, mas a Audi Sport Team Joest continua trabalhando forte visando a próxima temporada.
 
"Foi um ano muito bom, com a dobradinha da equipe nas 24 Horas de Le Mans e o melhor resultado do Brasil no geral da corrida, mas a temporada foi de algumas dificuldades, principalmente em questões relacionadas ao regulamento, que nos deixaram um pouco atrás em outras corridas do campeonato. Mas estou muito empolgado com o que está por vir. O time todo está trabalhando em ritmo intenso e tenho certeza de que resultados ainda melhores virão", disse o piloto de 30 anos.
 
Lucas fez sua primeira aparição pela Audi nas 6 Horas de São Paulo de 2012, substituindo o recém-aposentado Rinaldo Capelo. A participação do brasileiro, que não garantia nenhum tipo de vínculo com a marca das quatro argolas, impressionou os alemães. Correndo ao lado de Allan McNish e Tom Kristensen, Lucas fez a melhor volta da Audi na classificação e a melhor volta da corrida, terminando a prova em terceiro lugar.
 
Desempenho que fez a Audi lhe oferecer um contrato de longa duração. Em 2013 ele fez corridas esporádicas: foi segundo nas 12 Horas de Sebring (extra-campeonato), também foi ao pódio nas 6 Horas de Spa-Francorchamps e estreou com o terceiro lugar nas 24 Horas de Le Mans. Com a aposentadoria de Allan McNish no final de 2013, Di Grassi, de 30 anos, foi alçado à condição de titular.
 
"Vou para o meu segundo ano como titular da Audi, o que me deixa feliz e confiante. Acho que o sentimento é recíproco em relação à equipe, que confia no meu trabalho e me dá todo o suporte para que eu possa dar meu melhor na pista e nos testes. O que eu encontrei aqui na Audi é diferente de tudo o que eu já vivi no automobilismo: posso chamar este time de família, pois fui bem recebido da primeira vez que vesti o macacão com as lendárias quatro argolas. Estou feliz com a Audi como eu nunca fui na minha carreira", filosofou o atual líder da Fórmula E, primeira categoria de carros elétricos da FIA.
 
Lucas dividiu o carro com Oliver Jarvis nas 6 Horas de Spa e nas 24 Horas de Le Mans de 2013, quando o trio formado por eles e pelo espanhol Marc Genè terminou em terceiro no ano de estreia de Di Grassi em La Sarthe. "O Jarvis já está na Audi há pouco mais tempo, disputou o DTM com eles e fizemos as corridas de Spa e Le Mans juntos ano passado. É um piloto extremamente talentoso e versátil – que também já venceu em Macau, dois anos depois da minha vitória. Ele é muito comprometido com o time. Acho que a Audi acertou em trazê-lo conosco para substituir o Tom (Kristensen)", analisou.
 
Os patrocinadores pessoais de Lucas di Grassi, Eurobike e Aethra, juntos do piloto já há vários anos, continuam com o piloto brasileiro em 2015.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Tour virtual à exposição especial “25 Anos do Boxster” no Museu da Porsche

44º Dia Internacional dos Museus em 16 maio de 2021 Os museus cuidam de tesouros e contrib…