Com o tema “Ciência, espiritualidade e futuro”, o astrônomo e físico brasileiro Marcelo Gleiser encerra o Webinário “Conversas sobre Perguntas”, na terça-feira 18 de agosto, às 17h, com transmissão pelo YouTube da Casa Fiat de Cultura. Em sua participação analisará características e representações da busca pelo conhecimento, ação definidora da própria essência do que seja a humanidade – da construção de visões de mundo à procura por significados existenciais. O pensador discutirá, ainda, os efeitos do convívio entre saberes diversos – e, por vezes, distantes –, o “lugar” da espiritualidade, a percepção pública da ciência, os desafios da tecnologia e os novos delineamentos do futuro – com base, principalmente, nas práticas e teorias científicas acumuladas até então.

Marcelo Gleiser, carioca, é um cientista de renome internacional, professor titular de física e astronomia no Dartmouth College, doutorado pelo King’s College de Londres em 1986. É autor de mais de 100 artigos especializados e milhares de ensaios, publicados desde o New York Times à revistas infantis. Detentor do Presidential Faculty Fellows Award, dado pelo então presidente Bill Clinton, conselheiro da Sociedade Americana de Física, vencedor de três prêmios Jabuti, autor de 14 livros com traduções em 15 línguas, presença em diversos documentários e séries de TV no Brasil e no mundo, foi colunista da Folha de São Paulo por 20 anos. Fundou e dirige o Instituto de Engajamento Interdisciplinar do Dartmouth College. Marcelo é um dos intelectuais públicos de maior impacto no pensamento contemporâneo brasileiro e mundial. Em 2019, foi o primeiro latino-americano a vencer o Prêmio Templeton, um dos mais prestigiosos do mundo, honra que divide com Madre Teresa, Dalai Lama, Desmond Tutu, Aleksandr Solzhenitsyn, e os cientistas Freeman Dyson, Martin Rees, e outros líderes religiosos e intelectuais.

Com curadoria colaborativa e investimento de Casa Fiat de Cultura, CCBB, Memorial Minas Gerais Vale MM Gerdau, evento reúne importantes pensadores brasileiros, de 14/07 a 18/08, sempre às terças.
Gratuito e com transmissão simultânea em Libras, o encontro será mediado pela jornalista Daniella Zupo.

SOBRE O WEBINÁRIO “CONVERSAS SOBRE PERGUNTAS”

Quais os significados deste momento para a humanidade? O que tal experiência transformará em nós e no mundo? Como elaborar – e pôr em prática – mudanças necessárias aos novos tempos? Eis algumas das questões a serem respondidas por grandes nomes do pensamento brasileiro, que, nos meses de julho e agosto, participam do webinário “Conversas sobre perguntas”, evento criado, promovido e financiado, em curadoria colaborativa, pelos equipamentos culturais Casa Fiat de Cultura, Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB, Memorial Minas Gerais Vale e MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal, integrantes do Circuito Liberdade. Mediados pela jornalista Daniella Zupo, os encontros online, realizados de 14 de julho a 18 de agosto de 2020, sempre às terças-feiras, às 17h, contarão com respostas e ideias do líder indígena Ailton Krenak (14/7), da futurista Lala Deheinzelin (21/7), do economista e professor Eduardo Albuquerque e da administradora e professora Grazi Mendes (28/7), do psicanalista Christian Dunker (4/8), da escritora Conceição Evaristo e da crítica de arte Júlia Rebouças (11/8) e, no encerramento, no dia 18/8, do físico e astrônomo Marcelo Gleiser. Gratuitas, as palestras serão transmitidas nos canais do YouTube dos espaços culturais. Todos os encontros terão transmissão simultânea em LIBRAS.

O webinário propõe-se a aprofundar o debate sobre o futuro, em um mundo pós-coronavírus, por meio do estímulo a diálogos multidisciplinares, capazes de entrelaçar teorias e ideias, da Filosofia à Psicanálise, das Ciências à Arte, da Economia à Espiritualidade. Trata-se de formato propício à ânsia global pela realização de perguntas fundamentais sobre a vida, o tempo, as relações etc. – e que, desde a chegada do coronavírus, têm instigado cidadãos, intelectuais, governantes e cientistas de todo o planeta. A situação, afinal, abalou fundamentos da convivência social e econômica, a ponto de a humanidade testemunhar o colapso da vida cotidiana e do mundo como o conhecemos.

Diversas facetas da nova realidade contemporânea serão debatidas nos seis encontros do webinário “Conversas sobre perguntas”. No dia 14 de julho, com transmissão pelo YouTube da Casa Fiat de Cultura, Ailton Krenak fala sobre “As potências do afeto”. No dia 21 de julho, com transmissão pelo YouTube do MM Gerdau, Lala Deheinzelin aborda o tema “As faces do futuro: mudanças socioculturais, criatividade e inovação”. No dia 28 de julho, também com transmissão pelo YouTube do MM Gerdau, Eduardo Albuquerque e Grazi Mendes abordam a questão das “Outras economias – Inteligência artificial, modelos e futuro do trabalho”. No dia 4 de agosto, com transmissão pelo YouTube do Memorial Minas Gerais Vale, Christian Dunker discute “Os novos desafios do eu – Psicanálise e vida pós-pandemia”. No dia 11 de agosto, a escritora Conceição Evaristo e a crítica de arte Júlia Rebouças abordam as “Narrativas para novo(s) mundo(s) – Os lugares da cultura”, com transmissão pelo YouTube do Memorial Minas Gerais Vale. Por fim, no dia 18 de agosto, com palestra do físico e astrônomo Marcelo Gleiser, “Ciência, Espiritualidade e Futuro”, a transmissão do encontro será pelo YouTube da Casa Fiat de Cultura.

Para Ana Vilela, gestora cultural da Casa Fiat de Cultura, “passamos por um momento de transformação acelerado, seja nas relações humanas, seja nos novos modos de viver, de pensar e de fazer. Em meio a esse contexto, nasceu a ideia de construir algo novo. Um projeto coletivo idealizado, desenvolvido e financiado por quatro instituições culturais”, destaca, ao lembrar que foram rompidos os limites institucionais e territoriais para que se cocriasse uma iniciativa inovadora, que conseguiu integrar múltiplas expertises e diferentes equipes de trabalho. “Criamos um grande time e um novo jeito de fazer e de transpor os impactos que afetaram o setor cultural. Abrimos, assim, um novo espaço para o debate de ideias, possibilitando ao público conversas enriquecedoras, que tragam novas percepções sobre o futuro”, completa.

Na opinião do gestor do Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB, Leonardo Camargo, a suspensão das atividades presenciais dos equipamentos culturais estimulou a necessidade de ressignificar a atuação dos espaços. “A pandemia acelerou mudanças e trouxe novos hábitos de consumo, novas formas de convivência e novos formatos de trabalho. A cultura tem papel fundamental na reflexão da nova normalidade, e propor este debate com a sociedade, ao lado dos parceiros do Circuito, é um marco para a trajetória do CCBB BH”, ressalta.

Segundo Wagner Tameirão, diretor do Memorial Minas Gerais Vale, promover o webinário “Conversas sobre Perguntas”, com envolvimento de quatro espaços culturais ligados ao Circuito Liberdade, no período de isolamento, sublinha a importância e a necessidade de colaboração, para potencializar atitudes necessárias ao enfrentamento da situação atual: “O evento busca especialistas de diversas áreas do conhecimento para pensar, refletir e buscar inspirações para os espaços culturais e seus públicos”.

No ver de Márcia Guimarães, gestora do MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal, em tempos de reflexões sobre o futuro dos cidadãos e do planeta, perguntas diversas surgem, diariamente, nas mentes das pessoas. “Os dias passam e descobrimos que não estamos sozinhos nessas dúvidas. Foi com esse propósito, de troca e solidariedade, que instituições vizinhas do Circuito Liberdade se reuniram para organizar encontros com pensadores incríveis, na expectativa de ouvirmos respostas que venham ao encontro das perguntas que as pessoas estão se fazendo neste momento”, comenta.

O webinário “Conversas sobre perguntas” é uma realização conjunta da Casa Fiat de Cultura, do Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB, do Memorial Minas Gerais Vale e do MM Gerdau – Museu Minas e Metal, com patrocínio de Fiat, Banco Fidis, Banco Safra, Banco do Brasil, Vale e Gerdau. Conta com o apoio do Amigos da Casa Fiat de Cultura, CBMM, além de apoio institucional do Circuito Liberdade, do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico (Iepha), do Governo de Minas e do Governo Federal.

Foto: Eli Burakian

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Ford e Bosch apresentam nova tecnologia de manobrista automatizado

Os veículos de teste da Ford operam por comunicação veículo-infraestrutura (V2I) usando a …