Em final dramática, o vencedor cruzou a linha de chegada com a suspensão quebrada.

A duas corridas do final da temporada, a Formula Inter foi ao Autódromo Internacional Ayrton Senna em Londrina, para seu vigésimo Round no último sábado (24). Em um fim de semana marcado pela chuva constante, as disputas dos treinos livres de sexta-feira se mostraram bastante acirradas, com os pilotos revezando a liderança a cada treino. Daniel Mageste liderou o primeiro e Gabriel Beumer o segundo.

Na manhã de sábado, a classificação também foi sob chuva e o líder do campeonato marcou sua 15ª pole position com um tempo de 1:26.060, com o vice-líder do campeonato Gabriel Salomão completando a tão almejada primeira fila com um tempo de 1:27.140.

No fim da manhã do mesmo dia, os carros alinhavam sobre a pista encharcada que gerava um spray em toda a extensão de ambas retas do autódromo de Londrina quando os carros passavam, para apreensão do público presente.

Na primeira curva, Gabriel Salomão pulou na frente de Henriques, que pressionou durante a primeira volta inteira e conseguiu recuperar a liderança uma volta depois. Henriques conseguiu abrir uma distância de 2 segundos e a manteve até a intervenção programada do Safety Car, enquanto no pelotão intermediário, a briga e troca de posições acontecia com frequência.

Na relargada, o piloto Marcelo Henriques manteve a liderança e imprimiu um ritmo forte abrindo uma grande vantagem sobre o segundo colocado, que desta vez era Raphael Frossard, com Gabriel Salomão caindo para a terceira posição. Salomão pressionou Frossard, que recebeu uma penalização por ultrapassagem sob bandeira de Safety Car, e com isso foi para o final do pelotão.

Com uma distância crucial de mais de 6 segundos construída ao longo da segunda parte da corrida, tudo se encaminhava para a nona vitória do atual detentor do cinturão, quando a uma volta do final, na chicane da curva 1, a suspensão dianteira direita do carro de Marcelo Henriques quebra, deixando a roda completamente torta.

“Quando fui frear na curva 2, quase segui reto, mas consegui controlar o carro. Também quase rodei na freada da reta oposta. O carro estava praticamente andando em três rodas e era bem difícil de controlar nessa situação. Sabia que faltava pouco para o final, mas não imaginei que fosse a última volta. Fui me arrastando com o assoalho batendo no chão a volta inteira.”, disse o atual detentor do cinturão da categoria.

Durante essa última volta, a diferença para o segundo colocado Gabriel Salomão foi diminuindo criando assim um final dramático para a corrida, que foi disputada em sua totalidade na pista molhada.

“Pensei até em recolher para os boxes, mas no último momento vi que ainda havia uma diferença para o segundo e decidi passar pela reta. Foi quando vi a bandeirada final e explodi de alegria, parando o carro logo em seguida.”, concluiu Marcelo Henriques, emocionado.

Com esta vitória, Marcelo Henriques ampliou a diferença na liderança e restando apenas uma corrida para o fim do campeonato, aumentou suas chances de conquistar o bi-campeonato. A próxima corrida será a última da temporada da Formula Inter e será disputada no Autódromo de Interlagos, no dia 23/12.

1) Marcelo Henriques, 19 voltas em 30min44seg
2) Gabriel Salomão, a 3.825
3) Alex Seid, a 5.965
4) Luan Giraldi, a 6.783
5) Raphael Frossard, a 3 voltas
6) Gabriel Beumer, a 11 voltas

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Novo DAF XF ganha cor laranja e amplia opção de customização do modelo

Aurora Orange completa a gama de 13 cores disponíveis para o extrapesado O novo DAF XF, la…