Em regiões praianas, amortecedores podem sofrer oxidação e corrosão.

Janeiro une férias escolares e verão, o que leva muitas pessoas a viajarem para regiões praianas. Neste caso, é preciso estar com o veículo revisado para pegar a estrada com segurança. Além disso, é necessário redobrar os cuidados com a ação corrosiva da maresia, como alerta a Monroe, empresa líder no desenvolvimento e fabricação de amortecedores. Esse fenômeno pode afetar as peças da suspensão e outros equipamentos importantes para a segurança do veículo.

Para evitar o processo de oxidação e corrosão na lataria e nas peças de metal do carro, o motorista pode adotar alguns cuidados. Antes de ir para o litoral, por exemplo, ele pode polir o automóvel, uma vez que a cera atua como uma película protetora. “Depois, ao voltar da praia, a Monroe recomenda lavar o carro no mesmo dia ou o mais breve possível. A limpeza deve ser feita com shampoo automotivo ou água e sabão neutro, e por completo, incluindo tanto a lataria quanto a parte debaixo do veículo. Evite produtos alcalinos e derivados de petróleo, pois eles danificam os componentes de borracha”, alerta Juliano Caretta, Supervisor de Treinamento Técnico da Tenneco.

Outra dica é deixar o carro estacionado em um lugar coberto e fechado durante a noite, reduzindo o efeito na maresia. Contudo, essa não é a única preocupação: a areia também pode prejudicar o funcionamento de alguns componentes da suspensão. Caso a coifa de proteção do amortecedor esteja rasgada ou danificada, permitindo a entrada de areia, isso poderá comprometer a haste e o retentor, reduzindo o desempenho da peça. Nesse caso, os passageiros sentirão desconforto a bordo do carro, além de aumentar o risco de acidentes. Por isso, o carro deve ser levado para uma inspeção ao retornar da viagem.

Artigos Relacionados
Leia mais em Dicas e Serviços
Comentários estão fechados

Veja também

Ford Ranger 2020 chega ao Brasil em quatro versões

A versão flex deixa de ser oferecida na linha, como reflexo da baixa procura no mercado A …