Líderes de suas indústrias pretendem unir forças e habilitam a frota da próxima geração com capacidade de atualização de software, inteligência artificial e recursos autônomos

A Mercedes-Benz, uma das maiores fabricantes de veículos de passeio premium, e a NVIDIA Enterprise, líder global em computação acelerada, planejam entrar em cooperação para criar um sistema de computação em veículo revolucionário e infraestrutura de computação em IA. A partir de 2024, a tecnologia será implementada em toda a frota de veículos Mercedes-Benz da próxima geração, garantindo a eles funções de direção automatizadas e atualizáveis. Trabalhando juntas, as marcas planejam desenvolver a arquitetura de computação mais sofisticada e avançada implementada em um automóvel.

A nova arquitetura definida por software será construída na plataforma NVIDIA DRIVE e será padrão em toda a frota de veículos Mercedes-Benz da próxima geração, proporcionando funcionalidades de direção automatizadas de ponta. Um dos principais recursos será a capacidade de automatizar a condução de rotas regulares de endereço para endereço. Além disso, haverá inúmeras aplicações futuras de segurança e conveniência. Os clientes poderão comprar e adicionar recursos, aplicativos de software e serviços de assinatura por meio de atualizações (OTA – Over the Air) de software durante a vida útil do automóvel.

Ola Källenius, chairman do conselho de administração da Daimler AG e chefe da Mercedes-Benz Cars, comenta: “Estamos muito satisfeitos por poder ampliar nossa cooperação com a NVIDIA. Jensen e eu nos conhecemos bem e passamos muito tempo conversando sobre os objetivos e o potencial da arquitetura de computação dos veículos da próxima geração. Essa nova plataforma se tornará um sistema eficiente, centralizado e definido por software em todos os nossos futuros veículos Mercedes-Benz. A arquitetura de computação de IA da NVIDIA nos ajudará a otimizar nossa jornada em direção a direção autônoma. Esses novos recursos e atualizações serão baixados da nuvem, melhorando a segurança, aumentando o valor e ampliando o prazer do proprietário para todos os clientes da Mercedes-Benz”.

Jensen Huang, fundador e CEO da NVIDIA, comemora: “Estamos entusiasmados por trabalhar com a Mercedes-Benz. É o parceiro perfeito para nós, dado seu longo histórico de inovação e nosso forte relacionamento técnico. Está claro em nossas extensas discussões com Ola e sua equipe, o qual compartilhamos a mesma visão do automóvel do futuro. Juntos, revolucionaremos a experiência de propriedade do carro, tornando o software do veículo programável e atualizável continuamente por meio de atualizações sem fio (OTA). Todo carro Mercedes-Benz no futuro próximo com o sistema NVIDIA DRIVE virá com uma equipe de engenheiros especializados em IA e software, desenvolvendo, redefinindo e aprimorando continuamente o carro ao longo de sua vida útil”.

Uma nova arquitetura de computação

As funções de direção automatizada nos futuros veículos Mercedes-Benz serão equipadas com a plataforma de próxima geração NVIDIA DRIVE. O SoC (sistema em chip de computador), chamado NVIDIA Orin™, é baseado na recém anunciada arquitetura de supercomputação NVIDIA Ampere. A plataforma NVIDIA DRIVE inclui um stack de software de sistema completo projetado para aplicações de IA de direção automatizada. NVIDIA e a Mercedes-Benz desenvolverão, em conjunto, os aplicativos de IA e veículos automatizados (AV) que incluem os níveis SAE 2 e 3, bem como funções de estacionamento automatizadas (até o Nível 4).

Os recursos de última geração do novo sistema serão aproveitados com foco total na segurança. À medida que a estrutura tecnológica e regulamentar se desenvolver, será possível atualizar todos os automóveis através da nuvem via “OTA” para permitir novas funções de direção automatizada.

Conveniência e outros recursos de segurança também estarão disponíveis. Para desenvolver os novos modelos, ambas as empresas utilizarão as soluções de infraestrutura NVIDIA DRIVETM para permitir o desenvolvimento orientado a dados e o desenvolvimento de redes neurais profundas para atender aos requisitos das regiões e domínios operacionais em que os carros estarão disponíveis.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias

Veja também

Caio Collet sobe ao pódio na abertura da Fórmula Renault Eurocup

Brasileiro chegou em terceiro lugar no circuito de Monza A bordo do Renault #1 da equipe R…