Unidades eletrificadas da marca já respondem por 10% das vendas totais no mercado global e 15% no mercado brasileiro

A evolução da marca MINI está focada na expansão contínua da mobilidade elétrica e na oferta de novas oportunidades de experimentar o Go Kart Feeling característico da fabricante britânica – o que também abre novas possibilidades para a marca John Cooper Works. A arquitetura dos futuros veículos MINI possibilitará que o desempenho extremo e o prazer de dirigir genuíno também estejam disponíveis tanto com acionamento elétrico quanto com motores a combustão.


A MINI já está fazendo grandes avanços quando se trata de mobilidade elétrica. O modelo híbrido plug-in MINI Cooper SE Countryman ALL4 foi responsável por garantir que 5% das vendas globais da marca seja de modelos eletrificados. Com a introdução do novo MINI Cooper SE (um veículo totalmente elétrico e que chegará ao Brasil em 2021), esta parcela, em nível global, dobrou para 10% em poucos meses. Esta tendência também é diagnosticada no mercado brasileiro. O mais novo veículo eletrificado da MINI a aportar no País, o híbrido plug-in MINI Cooper S E Countryman ALL4, no primeiro mês após seu lançamento, representou 15% do volume total de emplacamentos da marca. Com base nesta experiência e olhando para a tecnologia do futuro, a MINI está agora preparando a próxima etapa no desenvolvimento de modelos elétricos John Cooper Works.

“Com o MINI Cooper SE, mostramos como o Go Kart Feeling típico da marca e a mobilidade elétrica podem ser combinados”, afirma Bernd Körber, diretor da marca MINI. “Agora é hora de traduzir a paixão pelo desempenho da marca John Cooper Works em eletromobilidade. É por isso que estamos trabalhando para desenvolver conceitos para modelos elétricos John Cooper Works”, completou.

O foco atual no desenvolvimento de um MINI John Cooper Works Electric demonstra quão importante é a mobilidade elétrica em termos da direção futura da marca – o objetivo é uma mistura única de sustentabilidade, desempenho e paixão. Segundo Bernd Körber os modelos John Cooper Works com motores de combustão convencionais ainda continuarão a ter um papel importante, para garantir que estamos atendendo aos desejos e necessidades dos entusiastas de performance em todo o mundo. “Com este novo foco no desempenho elétrico, também estamos criando a oportunidade de aprimorar o perfil distinto da marca John Cooper Works mais do que nunca”, finaliza.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Suzuki Jimny vem com novidades na linha 2022

Disponível em quatro versões, SUV traz atualizações estéticas e mantém o mesmo DNA 4×…