Competidores em busca de novos desafios. A abertura da 14ª temporada da Mitsubishi Cup, no sábado (23), começou cheia de adrenalina e velocidade. Presente no calendário da competição de rali cross country de velocidade há 14 anos, Ribeirão Preto recebeu as duplas com um trajeto repleto de novidades.
 
O percurso de 32 quilômetros foi invertido e contou com trechos inéditos, construídos pela equipe técnica. Na época do ano em que a cana está muito alta, o grande desafio das duplas foi o entrosamento, já que piloto e navegador precisaram estar muito afinados para superar as várias curvas e trechos estreitos, com muita alteração de grip.
 
Além do novo trajeto, os competidores enfrentaram mudanças no piso. Depois de uma semana de fortes chuvas em Ribeirão Preto, o sol brilhou forte. Na primeira prova, o trajeto estava bem úmido, mas aos poucos a pista secou, o que trouxe as características nuvens de poeira vermelha – e também ajudou a reduzir o tempo das voltas.
 
\"\"
 
"É sempre bom começar ganhando. Nós sabíamos que seria difícil e andamos sempre muito forte, melhorando a cada prova. Nunca ninguém na categoria L200 Triton RS havia conquistado as três provas de estreia. Então nos motiva muito, ainda mais porque o percurso foi complicado. Esperávamos uma pista molhada, mas o sol acabou mudando todas as características", explica Cristian Baumgart, atual tricampeão da Mitsubishi Cup ao lado de Beco Andreotti.
 
A etapa de Ribeirão Preto contou também com a estreia de duplas experientes em novas categorias. "Mudar é sempre complicado. Você tem que aprender a guiar o carro, já que ele é muito diferente. Mas é bom para crescer como piloto. Você só evolui quando anda em novos carros e a L200 Triton RS é ótima", conta Marcelo Mendes, campeão em 2012 na categoria L200 Triton ER Master e 3º colocado na etapa de Ribeirão Preto.
 
Jovens competidores
 
A primeira etapa da Mitsubishi Cup ficou marcada também pelo grande número de competidores jovens. Assim como vem acontecendo há algumas temporadas, pilotos e navegadores entre 18 e 22 anos estão, cada vez mais, comparecendo às etapas, já que enxergam a competição como uma escola de rali cross country de velocidade.
 
Rafael Cassol é um dos exemplos. Campeão da categoria Pajero TR4 ER Master em 2012, ele tem apenas 22 anos e este ano está em um novo desafio: a L200 Triton RS. "A categoria tem concorrentes fortes, que andam muito. É um desafio a mais. Então, a sincronia entre piloto e navegador tem que ser mais acertada", conta ele. "A prova começou com o piso muito úmido, mas o sol forte ajudou a secar a terra e a prova ficou muito técnica, com curvas cegas por causa da cana alta. Muito divertida", completa.
 
Outro competidor jovem que vem se destacando é Victor Ristow. Ao lado do pai, Jocimar, o navegador de 19 anos vem mantendo um ótimo aproveitamento na Mitsubishi Cup. "Começamos este ano forte novamente, com um carro novo. Mas não tem mistério. Você precisa andar sempre com o pé embaixo, giro alto e acelerar", conta Victor, campeão em 2012 na categoria Pajero TR4R.
 
Outros vencedores
 
Na categoria L200 Triton ER Master, Zé Hélio e Idali Bossi subiram ao lugar mais alto do pódio. "É bom demais ganhar a Mitsubishi Cup. Esse ano eu vim para competir mesmo, já que 2012 foi um ano de adaptação. E é uma honra sair liderando um campeonato tão competitivo como esse", exalta o piloto Zé Hélio.
 
Já na L200 Triton ER, os campeões foram os estreantes na categoria Fernando Ewerton e Pedro Enrico. "Nada melhor do que começar o ano com o pé direito, afinal, foram três vitórias em três provas. Esse resultado surpreendeu até nós mesmos, já que é nosso primeiro ano com o carro e também como dupla. Foi sensacional", afirma Fernando.
 
\"\"
 
As categorias de Pajero TR4 também abriram a temporada 2013 com muitas disputas e emoções. Na Pajero TR4ER Master, a vitória ficou com os irmãos Rodrigo e Ronald Leis. "A prova foi fantástica. A tendência agora que ganhamos é relaxar, mas não vamos. Você tem que arriscar para se manter entre os primeiros", disse o navegador, que viu Ricardo Aguiar e George Humberto ficarem com a primeira colocação na Pajero TR4R.
 
A Nação 4×4 da Mitsubishi Cup volta a se encontrar no dia 04 de maio, em Mafra (SC).
 
Resultados – 1ª etapa – Ribeirão Preto (SP)
 
L200 Triton RS
1) Cristian Baumgart / Beco Andreotti (São Paulo / SP) – 45 Pontos
2) Marcos Cassol / Luis Felipe Eckel (Rio Verde / GO) – 41 Pontos
3) Marcelo Mendes / Deco Muniz (Juiz de Fora / MG) – 38 Pontos
4) Juliano Diener / Vitor Muench (São Bento do Sul / SC) – 35 Pontos
5) Fabio Prada / Edgar Fabre (Catalão / GO) – 29 Pontos
 
L200 Triton ER Master
1) Jose Helio Filho / Idali Bossi (São Paulo / SP) – 45 Pontos
2) Lucas Moraes / Kaique Bentivoglio (Santana do Parnaíba / SP) – 42 Pontos
3) Felipe Ewerton / Rodrigo Mello (Brasília / DF) – 38 Pontos
4) Gustavo Xavier / Emerson Arakaki (Maceio / AL) – 35 Pontos
5) Marco Falchetti / Ivo Mayer (Tubarão / SC) – 33 Pontos
 
L200 Triton ER
1) Fernando Ewerton / Pedro Eurico (Brasília / DF) – 45 Pontos
2) Seigo Nakamura / Jorge Kupferminz (São Paulo / SP) – 42 Pontos
3) Glauber Fontoura / Minae Miyauti (São Paulo / SP) – 34 Pontos
4) Cleber Rosa / Eduardo Rebouças (Fortaleza / CE) – 33 Pontos
5) Fabricio Bianchini / Caio Santos (São Paulo / SP) – 31 Pontos
 
Pajero TR4 ER Master
1) Rodrigo Leis / Ronald Leis (Niteroi / RJ) – 43 Pontos
2) Sergio Gugelmin / Marcos Maia (Lages / SC) – 42 Pontos
3) Eder Benito / Fernando Abe (Indaiatuba / SP) – 39 Pontos
4) Henry Grosskopf / Gunnar Dums (São Bento do Sul / SC) – 37 Pontos
5) Renato Kahn / Gilze de Araújo (São Paulo / SP) – 32 Pontos
 
Pajero TR4 ER
1) Jocimar Ristow / Victor Ristow (Niterói / RJ) – 45 Pontos
2) Albano Parente Jr. / João Joca (Rio de Janeiro / RJ) – 39 Pontos
3) Wagner Roncon / Joselito Junior (Ribeirão Pires / SP) – 36 Pontos
4) Carlos Girolla / Gilberto Júnior (Blumenau / SC) – 31 Pontos
5) Vilson Thomas / William Thomas (Brasília /DF) – 30 Pontos
 
Pajero TR4R
1) Ricardo Aguiar / George Machado (João Pessoa / PB) – 42 Pontos
2) Diogo Cavalcante / Rogerio Almeida (Maranguape / CE) – 42 Pontos
3) Bruno Cassol / Thiago da Silva (Porto Alegre / MG) – 40 Pontos
4) Celio di Pace / Luciano Wanderley (João Pessoa / PB) – 35 Pontos
5) Luiz Neto / Doris Van Hees (Maceió / AL) – 33 Pontos
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Toyota oferece Yaris com motorização mais potente em versão XL Plus Tech

Versão seguirá com mesmo preço sugerido, reforçando o compromisso da Toyota de oferecer a …