Quem já não sofreu uma fechada de um caminhão no trânsito? Muitas vezes, a fechada é tão violenta que parece até ter sido proposital. Porém, a manobra arriscada pode ter sido provocada pela falta de visibilidade do motorista do caminhão.
Há quem ache que, por estar em uma posição de altura elevada em relação a outros motoristas, o condutor de um veículo pesado tem uma visão melhor do seu entorno. Mas essa é uma perspectiva equivocada.
No caminhão, devido à sua dimensão, os pontos cegos são maiores. Veja a seguir os trechos com problemas de visibilidade para o motorista de um caminhão.
• Região ao final da cabine dos dois lados.
• Do lado direito da cabine, onde a área de ponto cego é maior.
• Atrás do caminhão, a poucos metros do final da carreta ou baú.
• Próximo à dianteira da cabine.
• Em diagonal à dianteira da cabine.
Cuidados ao se aproximar de caminhão
• Não ultrapasse pelo lado direito.
• Se estiver atrás, mantenha uma distância segura e fique mais à esquerda.
• Evite trafegar ao lado, principalmente do direito.
• Não desacelere logo após a ultrapassagem, você pode entrar no ponto cego dianteiro.
• Se estiver muito próximo, acione a buzina caso a seta do caminhão seja acionada, ou se notar que ele começou a se mover na direção da sua faixa.
• Se você tiver contato visual com o motorista pelos retrovisores do caminhão, significa que ele também pode vê-lo. Apenas fique atento e mantenha seu veículo à vista.
• Ao detectar a intenção do caminhão de realizar uma curva ou mudar de faixa, seja paciente e espere sua vez.
• Ao parar no semáforo, não fique nas áreas de ponto cego. O caminhão pode acabar batendo no seu sem o motorista nem perceber.

Fonte: CESVI BRASIL
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Programa de estágio da Hyundai tem vagas para São Paulo e Piracicaba

Prazo para se candidatar às vagas vai até 30 de novembro A Hyundai Motor Brasil está com i…