A Nissan juntou-se ao inventor Hamish Scott para pintar a carroceria de seu modelo 100% elétrico LEAF com uma tinta que brilha à noite. Batizado de Starpath, o revestimento criado por Scott é aplicado por spray e absorve os raios ultravioleta durante o dia para brilhar por um período entre oito e dez horas durante a noite.
O mercado de reposição já conta com tintas que brilham no escuro, mas a  fórmula secreta da tinta foi criada especialmente para a Nissan e utiliza materiais totalmente orgânicos em sua composição. Entre eles, um elemento natural da terra muito raro, chamado aluminato de estrôncio, que é sólido, inodoro e química e biologicamente inerte.
Várias empresas têm aplicado tintas que brilham em veículos, mas a Nissan é a primeira fabricante de automóveis a utilizar diretamente essa tecnologia em produtos de sua linha. Se fosse produzida para ser vendida comercialmente, essa pintura original da Nissan teria durabilidade de 25 anos.
Economizando em casa
O carro 100% elétrico Nissan LEAF tem tido outras aplicações além de servir como produto de demonstração das novas tecnologias da Nissan, como esse revestimento que brilha e a pintura que não acumula sujeiras. Pesquisa recente feita pela Nissan demonstrou que 89% dos proprietários usam o período da noite para recarregar seus LEAF no Reino Unido aproveitando o excesso de energia solar captada por paineis solares caseiros.
Embora esses paineis não armazenem energia ou a forneçam em períodos sem luz do dia, qualquer sobra gerada é enviada de volta a rede e, assim, os proprietários podem ganhar dinheiro do governo, o que significa que essa recarga do veículo durante a noite já está paga. E a compra dos paineis solares, segundo esses clientes de LEAF, veio das economias geradas pelo baixo custo de recarregamento do veículo – estimando em cerca de dois pences (R$ 0,09) – dois centavos de libra esterlina – por quilômetro rodado.
Ian Finch é um dos proprietários de Nissan LEAF que tem aproveitado essa economia oferecida por um veículo totalmente elétrico combinado a paineis solares. “O custo de uso de um Nissan LEAF equivale a um sexto do que se pagaria para ter um carro diesel ou a gasolina”, diz. “E, provavelmente, estamos usando 25% menos energia elétrica graças aos nossos paineis solares. É uma experiência fantástica ser capaz de rodar com o Nissan LEAF usando a eletricidade que tem sido produzida totalmente sem custos.
“O Nissan LEAF é um farol luminoso da sustentabilidade e o futuro da indústria automobilística”, afirma Paul ONeill, gerente para elétricos da Nissan Grã-Bretanha. “Não é apenas economizar o dinheiro de nossos clientes no custo de propriedade, mas agora estamos vendo como o veículo está ajudando as pessoas se tornarem sensíveis ambientalmente falando, reduzindo a emissão de carbono.”
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Presépio colaborativo da Casa Fiat de Cultura faz homenagem às famílias

Com peças confeccionadas em Kraft e papelão, curador Leo Piló retrata cenas da Sagrada Fam…