\"\"O BMW Group Brasil obteve a Licença Ambiental de Operação (LAO), emitida pela Fundação do Meio Ambiente (FATMA), órgão ligado ao governo do Estado de Santa Catarina, para a primeira fábrica sulamericana de automóveis do grupo, que está sendo instalada na cidade de Araquari (SC). A LAO atesta que a unidade cumpre todos os requisitos ambientais previstos em lei para a atividade de fabricação e/ou montagem de veículos rodoviários, possibilitando o início da produção em 30 de setembro, o que reafirma o compromisso assumido no evento de lançamento do empreendimento, em dezembro de 2013. O documento foi entregue ao Vice-presidente sênior do BMW Group Brasil responsável pela fábrica, Gerald Degen, pelo presidente da FATMA, Alexandre Waltrick, em visita à unidade.
 
Na ocasião, a equipe da Fundação pôde conhecer as instalações das linhas de montagem a partir das quais, ainda neste mês, sairá o primeiro BMW Série 3 produzido no Brasil. Com a obtenção da Licença Ambiental de Operação, estamos autorizados a iniciar as operações na fábrica conforme o cronograma planejado. “Sem dúvida, estamos muito empolgados com mais esta conquista, que reflete o esforço do BMW Group Brasil na aplicação das melhores práticas ambientais no projeto desta fábrica“, afirma Gerald Degen.
 
Para obter a LAO, a empresa passou por um processo rigoroso de planejamento ambiental. A primeira etapa consistiu na obtenção da Licença Ambiental Prévia (LAP), que aprova a viabilidade ambiental do empreendimento, mas ainda não autoriza o início das obras. Em seguida, solicita-se a Licença Ambiental de Instalação (LAI), que exige que a construção seja realizada seguindo o compromisso, acordado com o órgão, de evitar, minimizar e compensar os impactos ambientais causados. Quando todos esses aspectos são seguidos e verificados pelas autoridades, é possível requerer a Licença Ambiental de Operação (LAO), que não tem caráter definitivo, isto é, precisa ser renovadaperiodicamente, de acordo com os resultados dos programas ambientais implantados.
 
Com isso, o projeto de construção da fábrica do BMW Group Brasil cumpre com sucesso sua primeira etapa, que será marcada pelo início da montagem dos automóveis no Brasil. Em setembro de 2015 está prevista a finalização da obra, quando a unidade produtiva terá suas atividades de soldagem e pintura plenamente operantes. “Esse marco nos dá a motivação necessária para dar continuidade ao projeto e finalizá-lo de maneira bem sucedida no próximo ano”, finaliza Gerald.
 
Marco histórico
 
Com uma área construída de aproximadamente 500 mil m², a nova fábrica da BMW é a 29ª unidade fabril da empresa no mundo. A infraestrutura da unidade produtiva contemplará as atividades de montagem, soldagem, sistemas de pintura e logística, além de prédios administrativos e auxiliares. De lá poderão sair até 32 mil carros por ano, quantidade que poderá ser aumentada no futuro, conforme a evolução do mercado. Em princípio, serão montados os modelos Série 1, Série 3, X1, X3 e MINI Countryman.
 
Ao todo, os investimentos no projeto somam R$ 600 milhões, tudo para garantir que os automóveis que sairão da linha de montagem terão qualidade premium idêntica à encontrada nas demais fábricas do BMW Group. Por isso, a empresa trouxe equipamentos de última geração e tem treinado a equipe que atuará na produção dos veículos em uma réplica da linha de montagem instalada no centro de treinamento do grupo em Joinville (SC), que simula o ambiente real que esses profissionais encontrarão a partir do dia 30.
 
Além de ser um momento histórico para o BMW Group Brasil, o início das operações também deve contribuir para acelerar o desenvolvimento socieconômico da região. O projeto prevê a contratação de 1.300 profissionais até o fim de 2015 – até o momento, cerca de 500 colaboradores já foram admitidos – e a geração de 2.500 vagas indiretas, incluindo fornecedores,parceiros de negócios e novos concessionários.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

 

 
\"\"O BMW Group Brasil obteve a Licença Ambiental de Operação (LAO), emitida pela Fundação do Meio Ambiente (FATMA), órgão ligado ao governo do Estado de Santa Catarina, para a primeira fábrica sulamericana de automóveis do grupo, que está sendo instalada na cidade de Araquari (SC). A LAO atesta que a unidade cumpre todos os requisitos ambientais previstos em lei para a atividade de fabricação e/ou montagem de veículos rodoviários, possibilitando o início da produção em 30 de setembro, o que reafirma o compromisso assumido no evento de lançamento do empreendimento, em dezembro de 2013. O documento foi entregue ao Vice-presidente sênior do BMW Group Brasil responsável pela fábrica, Gerald Degen, pelo presidente da FATMA, Alexandre Waltrick, em visita à unidade.
 
Na ocasião, a equipe da Fundação pôde conhecer as instalações das linhas de montagem a partir das quais, ainda neste mês, sairá o primeiro BMW Série 3 produzido no Brasil. Com a obtenção da Licença Ambiental de Operação, estamos autorizados a iniciar as operações na fábrica conforme o cronograma planejado. “Sem dúvida, estamos muito empolgados com mais esta conquista, que reflete o esforço do BMW Group Brasil na aplicação das melhores práticas ambientais no projeto desta fábrica“, afirma Gerald Degen.
 
Para obter a LAO, a empresa passou por um processo rigoroso de planejamento ambiental. A primeira etapa consistiu na obtenção da Licença Ambiental Prévia (LAP), que aprova a viabilidade ambiental do empreendimento, mas ainda não autoriza o início das obras. Em seguida, solicita-se a Licença Ambiental de Instalação (LAI), que exige que a construção seja realizada seguindo o compromisso, acordado com o órgão, de evitar, minimizar e compensar os impactos ambientais causados. Quando todos esses aspectos são seguidos e verificados pelas autoridades, é possível requerer a Licença Ambiental de Operação (LAO), que não tem caráter definitivo, isto é, precisa ser renovadaperiodicamente, de acordo com os resultados dos programas ambientais implantados.
 
Com isso, o projeto de construção da fábrica do BMW Group Brasil cumpre com sucesso sua primeira etapa, que será marcada pelo início da montagem dos automóveis no Brasil. Em setembro de 2015 está prevista a finalização da obra, quando a unidade produtiva terá suas atividades de soldagem e pintura plenamente operantes. “Esse marco nos dá a motivação necessária para dar continuidade ao projeto e finalizá-lo de maneira bem sucedida no próximo ano”, finaliza Gerald.
 
Marco histórico
 
Com uma área construída de aproximadamente 500 mil m², a nova fábrica da BMW é a 29ª unidade fabril da empresa no mundo. A infraestrutura da unidade produtiva contemplará as atividades de montagem, soldagem, sistemas de pintura e logística, além de prédios administrativos e auxiliares. De lá poderão sair até 32 mil carros por ano, quantidade que poderá ser aumentada no futuro, conforme a evolução do mercado. Em princípio, serão montados os modelos Série 1, Série 3, X1, X3 e MINI Countryman.
 
Ao todo, os investimentos no projeto somam R$ 600 milhões, tudo para garantir que os automóveis que sairão da linha de montagem terão qualidade premium idêntica à encontrada nas demais fábricas do BMW Group. Por isso, a empresa trouxe equipamentos de última geração e tem treinado a equipe que atuará na produção dos veículos em uma réplica da linha de montagem instalada no centro de treinamento do grupo em Joinville (SC), que simula o ambiente real que esses profissionais encontrarão a partir do dia 30.
 
Além de ser um momento histórico para o BMW Group Brasil, o início das operações também deve contribuir para acelerar o desenvolvimento socieconômico da região. O projeto prevê a contratação de 1.300 profissionais até o fim de 2015 – até o momento, cerca de 500 colaboradores já foram admitidos – e a geração de 2.500 vagas indiretas, incluindo fornecedores,parceiros de negócios e novos concessionários.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Dia Nacional do Trânsito: a importância da revisão de segurança

Especialista cita e explica itens que devem ser checados no carro Levando em consideração …