Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Uma das famílias de maior prestígio e representatividade em volume de vendas da marca é inteiramente renovada.

O Classe C, líder em vendas no segmento dos sedãs premium, chega ao mercado brasileiro com amplas modificações. Os modelos C 180, C 200 e C 300 que passaram a ser produzidos no Brasil, na cidade de Iracemápolis, desde março de 2016, estão completamente renovados: o design interno e o externo foram aprimorados com uma reconfiguração de estilo. Ao mesmo tempo, há uma arquitetura eletrônica totalmente nova. A experiência de uso – tradicionalmente um ponto forte da marca – foi beneficiada por um display de instrumentos totalmente digital (somente a partir do C 200 EQ Boost) e sistemas multimídia com informações e músicas sob medida.

Entre os modelos mais vendidos da Mercedes-Benz em todo o mundo, o Classe C em sua geração atual registrou quase 2 milhões de emplacamentos ao redor do mundo, desde seu lançamento, em 2014, atingindo um recorde de vendas histórico na família do Classe C entre uma geração e outra. No mesmo período, no Brasil, a família consolidou a preferência dos compradores de seu segmento, com representatividade de 40% de participação dentro do portfólio da marca. Um dos destaques da 30ª edição do Salão do automóvel de São Paulo, a família de sedãs Classe C chega ao mercado inicialmente com quatro versões de sedãs: C 180 Avantgarde, C 180 Exclusive, C 200 EQ Boost e C 300 Sport.

“O Classe C, um dos modelos mais bem-sucedidos da Mercedes-Benz não para de se reinventar. A inovação do motor C 200 EQ Boost é caracterizada pelo desempenho de seu motor que é alimentado pela bateria de 48 volts, que potencializa sua performance e supera as expectativas”, afirma Holger Marquardt, managing director Marketing e Vendas Automóveis América Latina e Caribe.

Uma nova geração de motores de quatro cilindros a gasolina está sendo lançada no novo Classe C, mais especificamente com a introdução do C 200 EQ Boost. Esse modelo é equipado com uma rede elétrica adicional de 48 volts, com um motor de arranque/alternador unificado acionado por correia (BSG – Belt-driven Starter-generator). O novo motor turbo a gasolina, com 1,5 litros de cilindrada, equipa o novo C 200 EQ Boost e seus componentes elétricos tradicionais, como as luzes, são alimentados por uma rede com 12 volts.

A combinação de uma nova rede elétrica de 48 volts e o BSG cria condições para funções adicionais que ajudam a diminuir ainda mais o consumo de combustível, aumentando, ao mesmo tempo, a agilidade e as características de conforto. Ao acelerar, o BSG pode auxiliar o motor de 183 cv/280 Nm com um “empurrão” de 14 cv e torque de 160 Nm, superando o curto instante até que o turbocompressor tenha desenvolvido sua pressão total de alimentação. Esse recurso também é usado para alcançar a rotação ideal do motor o mais rapidamente possível durante as trocas de marchas: assim, os tempos de trocas da transmissão automática são reduzidos. Nas reduções de velocidade, o motor elétrico funciona como um alternador recuperando energia cinética e carregando a bateria. A bomba d’água é movida a eletricidade e comandada por um mapa que adapta continuamente o fluxo do líquido de resfriamento à necessidade do momento.

O C 200 EQ Boost inclui, ainda, o modo de deslizamento (roda livre) com o motor totalmente desligado (somente no modo ECO) e a frenagem regenerativa com parada inteligente do motor sempre que o veículo diminua a velocidade sem que o motorista acione o freio. Com isso, o trem de força é desacoplado e o motor desligado. Por exemplo, o motorista pode estar a 120 km/h com rotação à 0, tendo como auxílio somente o motor elétrico: isso traz a vantagem de maximizar a economia de combustível, garantindo simultaneamente uma confortável resposta do veículo. O sistema start/stop opera de forma particularmente confortável, graças ao motor de arranque/alternador acionado por correia. O motor é religado quase em silêncio, com pouca vibração e de forma muito rápida.

O turbocompressor, acionado pelos gases do escapamento, usa um sistema de dupla entrada (twin-scroll). Graças à sua configuração de duplo fluxo (os tubos do escapamento de cada dupla de cilindros são separados entre si e só se unem imediatamente antes da turbina), as características de torque foram aperfeiçoadas, ao mesmo tempo em que a retropressão do escape foi mantida baixa. A pressão de alimentação é controlada eletronicamente, o que possibilita que possa ser atingida com maior rapidez e precisão, em comparação com controles puramente pneumáticos.

O motor também conta com o sistema CAMTRONIC de variação de levantamento das válvulas. Ele permite um ajuste em dois níveis do levantamento das válvulas de admissão. Sob solicitações parciais, isso permite um levantamento menor das válvulas e, assim, menos ar é introduzido na câmara de combustão, evitando altas perdas de combustível. Em alta rotação, o sistema troca para o levantamento maior das válvulas para alcançar a potência total do motor. O comprovado processo de combustão BlueDIRECT e uma câmara de combustão aperfeiçoada ajudam a garantir baixas emissões de escapamento.

Medidas para redução de atrito interno dentro dos cilindros complementam a estratégia de eficiência da nova unidade de força. Elas incluem o processo CONICSHAPE® patenteado pela Mercedes-Benz, conhecido internamente como polimento cônico: durante o polimento das paredes dos cilindros, elas são ligeiramente alargadas no sentido do fundo para reduzir o atrito das saias dos pistões, reduzindo o desgaste e o consumo de combustível.

O novo Classe C apresenta avançados sistemas de assistência à condução da Mercedes-Benz, proporcionando ao motorista um apoio cooperativo e, dessa forma, um nível de segurança ativa ainda mais alto que seu antecessor. O sistema de frenagem adaptativa (ABR), por exemplo, integra a Distribuição Eletrônica da Força de Frenagem (EBD), Controle Eletrônico de Estabilidade (ESP), Controle de Tração na Aceleração (ASR), Assistente de partida em subidas (HSA), Pré-carregamento (PRIMING), Secagem automática na chuva e função HOLD.

Além disso, o Classe C garante grande estabilidade para todas as versões através do sistema CROSS WIND ASSIST e o ESP® CURVE DYNAMIC ASSIST.

O CROSS WIND ASSIST atua em caso de ventos transversais na estrada que empurram o veículo para os lados, esse sistema proporciona estabilidade mantendo o veículo na trajetória determinada pelo motorista. Isso funciona através de leves frenagens nas rodas do lado da ação do vento, sem perder velocidade.

O ESP® CURVE DYNAMIC ASSIST entra em ação durante a aceleração em curvas. O sistema utiliza os sensores e as funções do ESP® para garantir mais estabilidade e segurança de dirigibilidade. Quando esses sensores registram a tendência do veículo em “sair de frente”, minimiza esse efeito com uma intervenção através de frenagens seletivas nas rodas internas, com relação ao sentido da curva. Ao mesmo tempo, a tração é aumentada ligeiramente para compensar esse momento de frenagem, então, o torque excedente é direcionado às rodas no lado de fora (torque de frenagem), com relação ao sentido da curva. Esta intervenção conduz a um movimento imperceptível sobre o eixo vertical do veículo, que o mantém estabilizado na trajetória da curva, evitando a “saída de frente”. Isto significa que o veículo pode ser guiado através das curvas com mais controle e precisão.

O novo Classe C possui o assistente de frenagem ativo. Com o auxílio de um radar, o sistema pode detectar um acidente iminente com outro veículo, enviando avisos visuais e sonoros. Se o motorista não reagir, o sistema pode ajudar com força de frenagem, podendo até evitar uma colisão. Dependendo da situação, ele pode reduzir as consequências de colisões traseiras com veículos lentos, parando ou estacionados à frente e até mesmo com pedestres e ciclistas atravessando, ou até mesmo evitá-las totalmente.

O novo visual do Classe C combina emoção com inteligência. A aparência dos veículos é definida especialmente por sua dianteira e o design dos faróis e lanternas traseiras.

Com a renovação do design do modelo, os para-choques dianteiros foram recriados para todas as linhas. O novo design torna a configuração exterior da versão EXCLUSIVE ainda mais expressiva e para a AVANTGARDE uma personalidade ainda mais dinâmica.

Adicionalmente, o design das luzes dianteiras e traseiras é definido por contornos claramente marcados, com faróis Full LED.
Em todos os modelos, o interior ganhou ainda mais requinte, reforçando a sofisticação já característica da Mercedes-Benz.

O console central é caracterizado por um elegante acabamento, na versão Exclusive apresenta madeira marrom escura fosca com poros abertos e no C 300 Sport, madeira preta. A camada tridimensional de madeira real no console central combina caráter artesanal com uma sensação de modernidade. Novas cores interiores disponíveis incluem cinza escuro para as duas versões do C 180 e C 200 EQ Boost, além do marrom para o interior do C 300 Sport.

A função de partida KEYLESS-GO (sem chave) é standard para todos os modelos e a tecla start/stop traz um novo design, lembrando o rotor de uma turbina.

Ainda em relação ao interior, nas versões C 200 EQ Boost e superiores, o Classe C traz um novo conceito de cockpit que inclui um conjunto de instrumentos totalmente digital, que permite a opção entre três estilos visualmente distintos: “Clássico”, “Esportivo” e “Progressivo”. Entre as opções de telas, temos:

Painel de instrumentos: O C 180 tem um cockpit clássico, com dois visores. Entre eles há um display colorido de 5,5 polegadas (resolução: 383 x 600 pixels). A partir do C 200 EQ Boost, o cockpit é totalmente digital, tem 12,3 polegadas na diagonal e oferece alta resolução, com 1.920 x 720 pixels. O novo cockpit do C 200 EQ Boost, disponibiliza três estilos diferenciados: “Clássico”, “Esportivo” e “Progressivo”. Os estilos podem ser trocados rapidamente de acordo com o gosto pessoal ou para combinar com o interior selecionado. Juntamente com certos itens do menu, como dados da viagem ou dados de consumo, o motorista agora também pode ver no painel de instrumentos o display ECO. Este último, ajuda o motorista a adotar um estilo de condução eficiente quanto ao consumo.

Display central: Nas versões C 200 EQ Boost e superiores, o display central de alta resolução no formato 16:9 agora conta com tela de 10,25 polegadas na diagonal e resolução de 1.920 x 720 pixels. O modo de apresentação permite que as informações exibidas possam ser capturadas intuitivamente, com gráficos claros e informativos. Pela primeira vez, o Classe C ganha também controles sensíveis ao toque no volante. Eles reagem a movimentos de arrasto como a tela de um smartphone e permitem que o condutor controle todas as funções do painel de instrumentos, além do sistema de informação e entretenimento, sem ter que tirar as mãos do volante.

O sistema de interface com o usuário pode ser operado também por meio do touchpad localizado no console central ou por comando vocal, utilizando a tecnologia LINGUATRONIC. Outras funções do veículo, também podem ser controladas por voz.
O Classe C traz de série o sistema multimídia Audio 20, com duas entradas USB, um leitor de cartões SD, conexão Bluetooth e interface de mídia. O novo sistema multimídia NTG 5.5 permite integração com smartphones e utilização do aplicativo WAZE.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Artigos Relacionados
Leia mais em Destaques

Veja também

Jeep Renegade ainda mais inovador na versão 2019

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.O SUV compacto que reinventou o s…