Alunos teresinenses com deficiência locomotora agora possuem vagas asseguradas nas Escolas Municipais mais próximas de sua residência. A Lei nº 4.789 sancionada pelo prefeito Firmino Filho no dia 19 de setembro, é de autoria dos vereadores Edilberto Borges, o Dudu (PT) e Cida Santiago (PHS).
De acordo com a Lei, no ato da matrícula o aluno com deficiência locomotora deve apresentar documento comprovando sua residência. Caso o aluno não possa comparecer na realização da matrícula, além do comprovante, a escola pode solicitar também um atestado médico, comprovando a deficiência alegada.
As escolas, além de assegurem a matrícula dos alunos com deficiência locomotora, também devem adequar seus espaços físicos para o devido acolhimento do aluno. A Lei tem o objetivo assegurar os princípios da dignidade humana e o direito à escola para todos os cidadãos teresinenses.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Suzuki Jimny vem com novidades na linha 2022

Disponível em quatro versões, SUV traz atualizações estéticas e mantém o mesmo DNA 4×…