A MVC, empresa brasileira de desenvolvimento de produtos e soluções em plásticos de engenharia e pertencente às Empresas Artecola e  Marcopolo, apresenta um novo conceito de fabricação de carrocerias automotivas. Batizado de Projeto Sofia, o produto utiliza vários materiais revolucionários e processos combinados, que proporcionam redução de peso entre 30 e 40%, comparado com o sistema tradicional de fabricação de carrocerias de veículos.
 
O novo conceito, apresentado este mês no Simpósio Mundial de RTM e Infusão, realizado na cidade de Saint-Avold, na França, tem como foco os segmentos automotivo e ferroviário para a fabricação de carrocerias de ônibus, automóveis, vagões de trens, vans, caminhões frigoríficos, trailers e furgões. Inovador, totalmente sustentável e desenvolvido 100% em plástico de engenharia, o produto final é um kit que pode ser montado em poucas horas e sem grandes investimentos em ferramental e meios de produção. 
 
Segundo Gilmar Lima, diretor-geral da MVC, a empresa é conhecida pelas constantes quebras de paradigmas. “Nesta inovadora tecnologia serão aplicados vários materiais revolucionários e processos combinados com destaque para os novos RTM-T e RTM-TS, que são utilizados nos principais componentes estruturais da carroceria. Os ganhos mais significativos do projeto são a diminuição do consumo de combustível em razão da redução de peso entre 30 e 40%, comparado com o sistema tradicional de fabricação de carrocerias; a redução de custo total em até 15%; desempenho superior (mecânico, qualidade acabamento superficial e durabilidade); simplicidade no processo, baixo investimento e materiais compósitos recicláveis e diferenciados”, explica o executivo.
 
\"\"
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Jeep conquista prata no World Class Manufacturing

Além da planta Jeep, outras plantas da FCA na América Latina já são reconhecidas pelo trab…