Com 3,57%, Volkswagen Virtus é o modelo com menor depreciação entre os sedãs. Ford Focus Fastback perdeu mais valor no período, em 17,76%

Os sedãs são desejados por consumidores que almejam conforto e espaço. Muito bem equipados, os modelos costumam oferecer tecnologias embarcadas e ótimo desempenho nas rodovias. Pensando nisso, a KBB Brasil, site referência em precificação de carros novos e usados, analisou os automóveis sedãs que menos e mais depreciaram no início do ano, baseado em veículos com ano/modelo 2019, vendidos como 0KM entre janeiro e junho, e que já possuíam ofertas no mercado de seminovos no mês de janeiro.

No quesito de menores depreciações, a alemã Volkswagen lidera o topo do ranking com o Virtus, modelo que perdeu 3,57% em preço. Em segundo lugar, o Toyota Yaris aparece com uma taxa de depreciação de 3,62%. O modelo é seguido pelo Mercedes-Benz Classe C, que contabilizou 4,17% em depreciação no semestre. Já a Ford conta com os modelos com as maiores depreciações da categoria no semestre. O Ford Ka e o Focus Fastback depreciam 15,91% e 17,76%, respectivamente.

Confira o ranking completo de sedãs com menores e maiores depreciações do primeiro semestre do ano:

MARCA/MODELO Depreciação:

Jan/19 a Jun/19

Volkswagen Virtus -3,57%
Toyota Yaris Sedã -3,62%
Mercedes-Benz Classe C -4,17%
BMW M5 -4,41%
Mercedes-Benz S560 -4,59%
Jaguar XF -5,03%
Volvo V60 -5,29%
Toyota Etios Sedã -5,66%
Caoa Chery Arrizo5 -5,80%
Hyundai HB20S -6,01%
Toyota Corolla -6,09%
Honda City -6,78%
Honda Civic -6,93%
Mercedes-Benz Classe E -7,03%
Volkswagen Voyage -8,23%
Fiat Cronos -8,94%
Nissan Versa -8,99%
Renault Logan -9,84%
Chevrolet Cruze -9,92%
KIA Cerato -10,43%
Chevrolet Cobalt -11,10%
Chevrolet Prisma -11,14%
Citroen C4 Lounge -11,23%
Mitsubishi Lancer -11,78%
Nissan Sentra -12,04%
Fiat Grand Siena -14,35%
Ford Ka Sedan -15,91%
Ford Focus Fastback -17,76%

 

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Fiat divulga condições especiais no Dia do Supernegócio

Só neste sábado (19), a Fiat fará um esforço jamais visto para compartilhar preços imbatív…