Conhecer o próprio veículo é essencial para garantir a sua segurança, assim como realizar revisões regularmente. Por isso, fique atento aos sinais de que algo pode estar errado, como ruídos indevidos, aspecto das peças e sensações diferentes ao dirigir. É dessa forma que é possível reconhecer o desgaste das pastilhas de freio, explica o gerente dos Centros Automotivos Porto Seguro, Marcos Iombriller.
 
Responsáveis pela diminuição da velocidade do carro, as pastilhas de freio não possuem uma periodicidade determinada para troca, mas, ao realizar a revisão, é importante garantir que estejam em perfeito estado. Além do apoio profissional, é possível perceber o desgaste da peça por meio de alguns indícios – pisar no freio e quase sentir o assoalho, por exemplo, é um dos indicadores clássicos.
 
Há também diferenças no tempo de uso das pastilhas entre os motoristas que utilizam muito o carro em engarrafamentos e cruzando com semáforos, pois nesses casos elas tendem a ter um desgaste mais rápido. Outro ponto importante é que, dependendo do modelo do carro, as pastilhas podem estar presentes nos quatro pneus ou em apenas dois.
 
É necessário também observar o desempenho do carro após a troca das pastilhas, ressalta Iombriller, “nos primeiros 300km o motorista deve ficar atento ao pisar no pedal do freio, porque ele vai se apresentar elástico, como se estivesse em uma espuma”. Entender os sinais do veículo e realizar as revisões em dia são as melhores formas do condutor conhecer melhor seu automóvel e zelar por sua segurança.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Ônibus VW moderniza frota argentina de transporte público

Como motorização MAN D08, esses dois Volksbus têm sistema EGR de tratamento de emissões, d…