Modular e de grande flexibilidade, pode ser usada em veículos dos segmentos B e C – em hatches, sedãs e SUVs.

A partir de novembro de 2019, o Polo Industrial Brasil (PIBR) do Groupe PSA, em Porto Real, no estado do Rio de Janeiro, inicia o processo de transformação industrial para preparar suas instalações para a nova CMP, uma das mais modernas plataformas globais da empresa. Esse processo, que envolverá várias mudanças na sua linha de produção, tem como objetivo mantê-la alinhada ao conceito de “Fábrica Excelente”, uma unidade dotada de alta eficiência e um dos melhores níveis mundiais de qualidade no Grupo.

O Groupe PSA investirá, somente nessa transformação industrial, mais de 220 milhões de reais. A esse montante, serão adicionados valores futuros provenientes de investimentos nos projetos de cada modelo de veículo a ser desenvolvido na fábrica. Essa soma engloba diversas melhorias que ocorrerão nas diferentes áreas produtivas do PIBR, incluindo-se a instalação de cerca de 30 novos robôs, especialmente na área da Chaparia, em adição aos 245 já existentes. Neste setor, um inédito processo polivalente e flexível permitirá a produção de novos veículos na CMP e favorecerá aqueles montados na atual plataforma BVH1. Na Pintura e Montagem, a automatização de processos, aliada a novas parametrizações e equipamentos, garantirá ainda maior eficiência. Um ganho adicional importante se refere a uma significativa redução no consumo de energia, contribuindo para uma maior sustentabilidade da unidade.

Mesmo com todos esses novos investimentos, a unidade de Porto Real teve como objetivo rentabilizar ao máximo os aportes realizados anteriormente na sua linha de produção, de modo que grande parte dos processos e equipamentos já existentes servirão também os modelos a serem produzidos a partir da CMP.“Continuamos investindo em Porto Real, que tem passado por uma grande transformação industrial e digital para mantê-la como uma das fábricas mais competitivas do Groupe PSA no mundo, e a implementação das mudanças para recebermos a nova plataforma CMP vem coroar este processo. Trata-se de uma plataforma modular moderna, altamente flexível, multienergia, com menores níveis de vibração, maior conforto acústico e térmico, e que permitirá o lançamento de novos e mais modernos produtos no Brasil, em complemento aos que produziremos na Argentina”, afirmou Patrice Lucas, Presidente Brasil e América Latina e membro do Comitê Executivo do Groupe PSA.

“Esses novos investimentos confirmam o nosso compromisso com o cliente latino-americano que, em um futuro próximo, terá à sua disposição diversos outros modelos de produtos globais produzidos localmente pelo Groupe PSA. Nossa intenção é de lançar um novo produto por ano, por marca, na região, em linha com nosso plano estratégico ‘Push to Pass’”, completou o executivo.

Para a implementação dessas mudanças, o Polo Industrial Brasil terá uma parada técnica no final de 2019 que, somado ao período de férias coletivas já pré-estabelecidas para a unidade, fará com que as suas atividades produtivas fiquem suspensas entre início de novembro de 2019 e de janeiro de 2020.

Com o lançamento futuro de novos veículos baseados na CMP, a fábrica de Porto Real demonstrará sua flexibilidade ao produzir, simultaneamente, e na mesma linha de produção, modelos daquela plataforma e da atual, a BVH1.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Instituto Nissan seleciona projetos vencedores do Inova-san

Em sua 1ª edição, programa que visa impulsionar a educação empreendedora na região Sul Flu…