Levantamento aponta aumento de 2,74% no preço do combustível em agosto, na terceira elevação seguida

O preço médio da gasolina comum no Brasil subiu 2,74% em agosto na comparação com o mês anterior, segundo levantamento feito pela ValeCard, empresa especializada em soluções de gestão de frotas. O valor, que vinha em queda desde janeiro, já havia subido em junho e julho e voltou a aumentar em agosto, pelo terceiro mês consecutivo, chegando a R$ 4,468 e acumulando uma alta de 11,41% em relação a maio.

O aumento no preço da gasolina reflete a retomada das atividades econômicas após a crise causada pela pandemia do novo coronavírus no mundo, que diminuiu a circulação de veículos no Brasil.

Em agosto, a maior alta foi registrada em Goiás (5,67%). O Estado do Amazonas registrou a menor variação no valor do combustível no período (0,69%).
Obtidos por meio do registro das transações realizadas entre os dias 1º e 31 de agosto com o cartão de abastecimento da ValeCard em cerca de 20 mil estabelecimentos credenciados, os dados mostram que Rio Branco, Belém e Rio de Janeiro têm os preços mais altos entre as capitais. As capitais com preços mais baixos são Curitiba, Vitória e Manaus.

No Sudeste, o maior preço foi encontrado no Rio de Janeiro, e o menor, em São Paulo. No Sul, Paraná tem o menor preço e Rio Grande do Sul, o maior. No Centro-Oeste, a gasolina mais cara foi encontrada em Mato Grosso, e a mais barata, no Distrito Federal.

No Nordeste, a gasolina mais barata foi encontrada na Paraíba. Já a mais cara foi vendida no Piauí. No Norte, o maior preço foi encontrado no Acre. Já a gasolina mais barata foi vendida no Amapá.

Curitiba e Vitória tem menores preços entre as capitais

As capitais do Paraná (R$ 4,044), Espírito Santo (R$ 4,102) e Amazonas (R$ 4,119) foram as que apresentam preços menores em agosto. Já Rio Branco, no Acre, foi a capital com maior preço médio (R$ 4,922).

Artigos Relacionados
Leia mais em Destaques

Veja também

IMSA: Derani vai em busca de mais um pódio neste domingo em Mid-Ohio

Brasileiro destaca características difíceis do traçado, mas segue confiante e embalado, ap…