Conforme levantamento da ValeCard, Paraná e Distrito Federal registraram as maiores reduções de preço no mês

O preço médio da gasolina comum no Brasil em maio foi de R$ 4,01. Ainda sob impacto da redução da circulação de veículos em razão da pandemia do novo coronavírus, o valor registrou redução de 5,15% na comparação com o verificado em abril (R$ 4,23). Em comparação com o valor médio de janeiro (R$ 4,762), a queda já chega a 15,79%.

Conforme levantamento da ValeCard, empresa especializada em soluções de gestão de frotas, Rio de Janeiro (R$ 4,482) e Acre (R$ 4,395) permanecem como os estados com o combustível mais caro no país. Já Paraná (R$ 3,58) e Santa Catarina (R$ 3,3699) seguem com os preços mais baratos.

Os Estados que tiveram as maiores quedas no valor da gasolina em maio foram Ceará (-7,28%) e Bahia (-6,9%). A menor redução no valor em maio ocorreu no Distrito Federal (-3,37%).

Obtidos por meio do registro das transações realizadas em maio com o cartão de abastecimento da ValeCard em cerca de 20 mil estabelecimentos credenciados, os dados mostram que Belém (R$ 4,722) e Rio de Janeiro (R$ 4,676) têm os preços mais altos entre as capitais. As capitais com preços mais baixos são Curitiba (R$ 3,598) e Brasília (R$ 3,868).

Entre as regiões, Norte tem o maior preço

Entre as regiões do país, a Norte é a que tem a gasolina mais cara (R$ 4,165, em média), e a Sul, a que tem o combustível mais barato (média de R$ 3,725).

SP registra menor preço no Sudeste

No Sudeste, São Paulo tem o combustível com o menor valor (R$ 3,786). Já o Rio de Janeiro tem o maior valor médio (R$ 4,482).

RS tem gasolina mais cara no Sul

No Sul, a gasolina comum mais cara é encontrada no Rio Grande do Sul (R$ 3,898, em média). O Paraná é o Estado da região com o combustível mais barato (R$ 3,58).

DF tem menor preço no Centro-Oeste

No Centro-Oeste, o Distrito Federal tem a gasolina com o preço médio mais baixo (R$ 3,735). Já Mato Grosso do Sul tem a gasolina mais cara (R$ 4,001).

Alagoas tem maior preço no Nordeste

No Nordeste, a Paraíba apresenta o preço médio mais baixo (R$ 3,849). Já Alagoas tem o valor mais alto (R$ 4,148).

Amapá tem o menor preço no Norte

No Norte, o Acre tem o preço mais alto da região (R$ 4,395). O valor médio mais baixo foi verificado em Roraima (R$ 3,87).

Curitiba e João Pessoa, os menores preços nas capitais

Entre as capitais, Curitiba (R$ 3,426) e João Pessoa (R$ 3,7) foram as que apresentam preços menores. Já Belém (R$ 4,581) e Rio de Janeiro (R$ 4,465) têm os valores mais altos.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Nissan comemora 20 anos de uma história de sucesso no Brasil

Da importação de carros à fabricante nacional de automóveis, marca consolida sua presença …