Cenário de fevereiro foi de queda na média dos combustíveis, mas levantamento revela variação de preços nos Estados.

Fevereiro foi mais um mês de baixa no preço dos combustíveis da Região Nordeste, revela o Índice de Preços Ticket Log (IPTL). A gasolina registrou baixa de 1,16%, com o litro comercializado a R$ 4,422, e o etanol apresentou leve redução, de 0,26%, em relação à média de janeiro. O combustível se destaca na variação de preço entre os Estados, que chega a passar os 20%.

“Analisando a variação de preços na região, percebemos que o etanol se destaca com as diferenças mais expressivas. Na Paraíba, por exemplo, o litro custou em média R$ 3,051, valor 27% menor que o do Maranhão, que foi de R$ 3,880”, comenta o Diretor-Geral de Frota e Soluções de Mobilidade da Edenred Brasil, Jean-Urbain Hubau (Jurb).

No recorte local, na Bahia e no Sergipe foram registrados os maiores preços do litro da gasolina, média de R$ 4,490, ante os R$ 4,140 dos postos do Rio Grande do Norte. Já o etanol foi mais barato para os motoristas da Paraíba, com o litro vendido a R$ 3,051, valor 21% menor que o dos postos do Maranhão, onde o litro saiu em média a R$ 3,880.

Os postos de Pernambuco se destacam com o menor preço médio do diesel S-10, vendido a R$ 3,549, ante os R$ 3,771 do Ceará. Por lá, os motoristas também pagaram pelo diesel comum mais caro da região, R$ 3,759, ante os R$ 3,520 do Rio Grande do Norte.

No Piauí, o destaque é para a baixa no preço da gasolina, onde o combustível passou de R$ 4,553, em janeiro, para R$ 4,399, em fevereiro. Já Alagoas deixou a posição do combustível mais caro da região, que ocupou em janeiro, e apresentou uma queda no litro da gasolina de 2,81%.

No contexto nacional, o preço dos combustíveis mantém o cenário de baixa registrado nos últimos meses. A gasolina, com o preço médio de R$ 4,330, e o etanol, a R$ 3,417, apresentaram baixa de 1,16% e 1,01%, respectivamente. O preço médio do gás veicular natural (GNV) aumentou em 2,12%, comercializado a R$ 3,184. Na contramão da redução, o diesel e o diesel S-10 registraram aumento de 0,29% e 0,09%, respectivamente, nos postos de todo o País.

O IPTL é um índice mensal de preços de combustíveis levantados com base nos abastecimentos realizados nos 18 mil postos credenciados da Ticket Log, que traz grande índice de acerto devido à quantidade de veículos administrados pela marca: 1 milhão ao todo, com média de oito transações por segundo. A Ticket Log, marca de gestão de frotas e soluções de mobilidade da Edenred Brasil, conta com 25 anos de experiência e se adapta às necessidades dos clientes, oferecendo soluções modernas e inovadoras a fim de simplificar os processos diários.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Jaguar Land Rover usará tecnologias espaciais para o desenvolvimento de carros leves no futuro

Tecnologia desenvolvida para atividades espaciais foi transformada para acelerar os testes…