Home Notícias Preço do frete tem defasagem de 16%

Preço do frete tem defasagem de 16%

Comentários desativados em Preço do frete tem defasagem de 16%

Levantamento da NTC&Logística aponta, ainda, que 54,1% dos transportadores têm fretes em atraso

O valor médio do frete recebido pelos transportadores no primeiro semestre do ano apresentou defasagem, em relação aos custos, de cerca de 16%. O índice cresceu em relação ao apurado no semestre anterior, que foi de 13%. A diferença é maior nos casos das cargas com lotações, em que a defasagem média apurada chegou a 20%; para as cargas fracionadas, o índice foi de 8%.

Por trás da defasagem estão, por exemplo, a dificuldade dos transportadores de cobrarem valores que cubram custos com medidas de combate ao furto e ao roubo de cargas, com emergências durante o transporte e a demora no recebimento dos valores – para se ter uma ideia, 54,1% dos transportadores têm fretes a receber em atraso e o prazo médio para recebimento dos pagamentos é de 26 dias.

Os dados compõem a Pesquisa sobre Mercado de Transporte Rodoviário de Carga no 1° Semestre de 2019 da NTC&Logística (Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística), divulgada durante o Conet (Conselho Nacional de Estudos em Transporte, Custos, Tarifas e Mercado), que ocorre até esta sexta-feira (2), em São Luís (MA).

Ainda segundo a pesquisa, o faturamento e os resultados diminuíram para mais de 60%; 34,3% dos transportadores entrevistados consideram ter transportado menor volume de cargas no período, em relação a 2018. Além disso, para 52,6%, a piora do mercado interno é a principal ameaça ao bom desempenho futuro do segmento. Sobre as projeções para os próximos meses, 35% consideram que o valor do frete tende a melhorar. Para 41%, deve se manter estável e, para 24%, piorar.

Fonte: Agência CNT Notícias

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Volkswagen anuncia atualizações remotas de software modelos ID.

Marca segue se transformando numa provedora de mobilidade orientada por software A Volkswa…