O retorno às aulas é o foco das atenções da Prefeitura de Teresina no reforço das ações educativas na área do trânsito. A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), por meio da Gerência de Educação de Trânsito, realiza, na quarta-feira, dia 8, distribuição de material educativo para diretores de escolas municipais, na solenidade de início do ano letivo 2012, que ocorrerá no Atlantic City. O material também será entregue nas escolas particulares.

A Strans adianta algumas dicas consideradas importantes para evitar congestionamentos e o estresse no trânsito. De acordo com a gerente de Educação no Trânsito da Strans, Audéa Lima, nesse retorno às aulas é importante que os condutores tomem algumas medidas para evitar os transtornos e minimizar os congestionamentos nas áreas próximas às escolas. Ela destaca as seguintes orientações:

·         Estabeleça um horário de saída de forma a considerar a lentidão do tráfego;

·         Não colocar mochilas na traseira do veículo, pois esta medida pode aumentar o tempo de desembarque;

·         Antes de sair de casa, se for o caso, providenciar para o filho o dinheiro da merenda e/ou transmitir as orientações necessárias;

·         Ao se aproximar da área da escola, diminuir a velocidade e respeitar a faixa de pedestre, pois a criança não tem noção de perigo e tem facilidade de se distrair;

·         Os condutores devem utilizar a área de embarque e desembarque na frente da escola;

·         Se a escola não tem área de embarque e desembarque, procurar estacionar o veículo de forma que não atrapalhe o tráfego na via;

·         Fazer o possível para ficar parado o menor tempo possível, pois todos precisam do espaço;

·         Nunca desembarcar o filho no meio da rua, pois pode causar acidentes;

·         Somente embarcar e desembarcar pelo lado direito do veículo.

·         Seguindo essas dicas, os condutores podem evitar maiores problemas no trânsito. Audéa Lima ressalta que o trânsito é um espaço para todos e que deve ser usado de maneira solidária e respeitosa. "Precisamos agir de maneira educada em todos os momentos da nossa vida, em especial quando transportamos crianças no trânsito, pois tudo que é feito será aprendido e reproduzido. Os pais são os primeiros educadores. É preciso ter isso em mente e a promoção da educação no trânsito é questão de princípio", acrescenta.

Segundo a educadora, é preciso que seja regulamentada a questão de embarque e desembarque nas escolas e universidades, pois são áreas que têm trazido problema à qualidade da mobilidade urbana na cidade. "Se há uma preocupação em aumentar o número de alunos clientes, é preciso que haja também uma preocupação para que isso não traga prejuízos à mobilidade da cidade. Os proprietários devem ficar atentos a essa questão", finaliza Audéa Lima.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Renault e concessionárias recuperam ambulâncias no Paraná

As três primeiras unidades começaram a ser recuperadas hoje, 03 de abril Em mais uma inici…